Ocorreu um erro neste gadget

domingo, setembro 16, 2012


Resenha: Vaclav & Lena

Comments
Oi gente, todo mundo bem?
Estou quase derretendo nesse calor, nem um ventinho amigo para ajudar. Espero que vocês não estejam sofrendo tanto quanto eu... Enfim, vamos a resenha de hoje.

Autora: Haley Tanner
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580572056
Ano: 2012
Páginas: 271

Sinopse: Vaclav e Lena parecem destinados um ao outro. Eles se encontram pela primeira vez aos 6 anos, numa aula de inglês para imigrantes em Brughton Beach, no Brooklyn. Vaclav é precoce e falante. Lena, com dificuldade no idioma, refugia-se na segurança de sua adoração por ele. Ele imagina a história dos dois se desenrolando como um conto de fadas. No entanto, uma das muitas verdades a serem descobertas nessa extraordinária obra de estreia de Haley Tanner é que "felizes para sempre" nunca é um desfecho garantido. Um dia, Lena não vai à escola. Desaparece da vida de Vaclav e da família dele como num cruel truque de mágica. Durante os sete anos seguintes, Vaclav deseja boa-noite a Lena todos os dias, perguntando-se se ela faz o mesmo onde quer que esteja. No dia do aniversário de 17 anos de Lena, ele finalmente descobre o que aconteceu.

Desde que conheceu Lena, Vaclav nunca se interessou em ter mais nenhum amigo, passar as tardes com ela praticando truques de mágica era o suficiente para ele.
Vaclav sempre foi o único amigo de Lena, ela não consegue desenvolver muito seu idioma, e ele é o único na escola que não liga para isso, e sempre esteve disposto a ajudá-la.

No começo fiquei encantada com os dois, a cumplicidade neles enquanto criança, a cooperação que existia entre os dois e o amor inocente que começava a brotar. Porém nem tudo são flores, quando Lena começa a ter novas amizades ela se transforma da garota fofa para a menina chata, e foi nesse ponto que passei a ficar desgostosa com o livro. 
E para ajudar, nessa transformação da personalidade de Lena ela some da vida de Vaclav. A mãe dele sabe o que aconteceu, mas não está disposta a compartilhar com o filho.

Vaclav & Lena tinha tudo para ser um livro incrível, mostrar o crescimento de um amor que começou ainda na infância e que chega a fase adulta, mesmo com o distanciamento dos protagonistas, mas faltou alguma coisa. No começo vi um grande potencial, mas com o passar das páginas a história foi ficando cada vez mais simples. O enredo evoluiu, mas foi ficando menos atrativo.

Uma coisa que me irritou um pouco no livro foi a necessidade de usar a cultura americana como padrão de qualidade. Quando li sobre o livro pensei que iria conhecer mais da situação dos russos nos EUA, ou conhecer mais da cultura russa, mas a necessidade de enaltecer a cultura americana por conta da mãe de Vaclav acabou sendo um pouco decepcionante para mim.

A narrativa do livro é em terceira pessoa, mas não vi muita vantagem nisso, já que o foco é em sua maioria Vaclav, não conseguimos simpatizar tanto com Lena, já que conhecemos pouco do seu cotidiano, ela some e o leitor sabe que é por um motivo muito grave, porém por não conhecer tanto de Lena acaba não sendo um assunto que desperta a curiosidade do leitor, já que a curiosidade maior é o rumo que a vida de Vaclav irá tomar.

Enfim, o livro não deixa nada, nem positivo nem negativo para o leitor, é um livro para se passar um dia, sem muitas expectativas.

Beijos
Lis
/
Related Posts with Thumbnails
 

Design by / Thema base