Ocorreu um erro neste gadget

sábado, agosto 25, 2012


Resenha: O Guardião de Memórias

Comments
Olá, gente linda! o//
Tudo certo com vocês? Espero que sim! Vamos ao que nos interessa?

Autora: Kim Edwards
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788599296141
Ano: 2009
Páginas: 368

Sinopse: Com mais de três milhões de exemplares vendidos nos Estados Unidos, O Guardião de Memórias é uma fascinante história sobre vidas paralelas, famílias separadas pelo destino, segredos do passado e o infinito poder do amor verdadeiro. Inverno de 1964. Uma violenta tempestade de neve obriga o Dr. David Henry a fazer o parto de seus filhos gêmeos. O menino, primeiro a nascer, é perfeitamente saudável, mas o médico logo reconhece na menina sinais da síndrome de Down. Guiado por um impulso irrefreável e por dolorosas lembranças do passado, Dr. Henry toma uma decisão que mudará para sempre a vida de todos e o assombrará até a morte: ele pede que sua enfermeira, Caroline, entregue a criança para adoção e diz à esposa que a menina não sobreviveu. Tocada pela fragilidade do bebê, Caroline decide sair da cidade e criar Phoebe como sua própria filha. E Norah, a mãe, jamais consegue se recuperar do imenso vazio causado pela ausência da menina. A partir daí, uma intrincada trama de segredos, mentiras e traições se desenrola, abrindo feridas que nem o tempo será capaz de curar. A força deste livro não está apenas em sua construção bem amarrada ou no realismo de seus personagens, mas, principalmente, na sua capacidade de envolver o leitor da primeira à última página. Com uma trama tensa e cheia de surpresas, O Guardião de Memórias vai emocionar e mostrar o profundo - e às vezes irreversível - poder de nossas escolhas. (Skoob)

 O Guardião de Memórias me fez refletir bastante sobre as escolhas que faço todos os dias. Vocês já pararm pra pensar que UMA escolha diferente, e sua VIDA seria outra?! Pois é, o Dr. David Henry fez a sua escolha. Num dia de inverno, sua linda esposa, Norah, entra em trabalho de parto e, sem ter mais a quem recorrer, ele mesmo faz o parto de seus filhos. Com suspresa, Dr. Henry percebe que não ganhará UM único filhos, mas sim gêmeos, um menino e uma menina. Paul, o primeiro bebê a nascer é lindo, saudável e parece esbanjar vida, porém, ao trazer ao mundo a peuenina Phoebe, David é levado de volta a um passado que ele gostaria de não mais viver: amar alguém com Síndrome de Down.
Bastante misterioso, David nunca mensiona seu difícil passado, nem mesmo pra sua amada mulher. Um de seus segredos é sua infância difícil e a perda precoce de sua irmã, que havia nascido com Síndrome de Down. A perda abalou muito sua família e, tentando poupar da "dor" sua mulher, o médico entrega a filha para sua enfermeira, Caroline, para que a leve a um abrigo e inventa a morte da bebê.
Caroline se apega demais a criança e, ao se encontrar sem saída e sem obedecer as ordens do homem que ama, ela resolve sair da cidade levando consigo a menina Phoebe.
Os anos se passam e o "buraco" que Phoebe deixou na familia não fecha. David se sente cada vez mais culpado, se distancia da mulher, evitando principalmente o assunto bebê, e cobra muito de si e do filho quanto a sua educação. E passa a se trancar constantemente em seu estúdio de fotografia, tentando aliviar o peso da culpa que carrega.
Norah, sem aguentar mais a distancia do marido, que só aumenta, e cansada de ser sempre a "corretinha" começa a ter aventuras amorosas. Paul é a grande vítima da desordem familiar.
Não muito longe deles, Caroline educa a menina Phoebe e lhe dá toda atenção e carinha, lutando sempre para que ela tenha uma vida saudável e normal, dentro de suas limitações.

Gente, não posso negar que a história é LINDISSIMA, porém é cansativa demais. A autora se estende em fatos desnecessários e, como uma boa autora romêntica, detalha bastante.
Gostei do começo, achei que a história ia por uma bom caminho, porém começou todo um blábláblá e, misturado com minha falta de tempo, quase não consigui terminar de ler a obra.
Quando o livro estava chegando perto de fim ele voltou a tornar-se interessante e realmente acreditei que as coisas ficariam como eu pensava (cheguei a chorar), mas...
O final DEFINITIVAMENTE não foi o que eu esperava! =(

O livro nos fala muito de auto-conhecimento, de descobertas, de culpa, de decisões, de amor, de família... vários temas importantes e envolventes estão presentes, mas, acredito eu que mal explorados em alguns momentos. Bom, como eu já disse, a história e linda e ainda acho sim que vale a pena a leitura.

Ps: Não posso deixar de comentar que só escolhi esse livro por causa da capa! Ele é muuito linda *-*

Beijos ;*
Paulinha
/
Related Posts with Thumbnails
 

Design by / Thema base