Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, agosto 29, 2012


E o que vem por aí... Editora Intrínseca Lançamentos

Comments
Olá galera!
Tudo bem com vocês? Hoje trago lançamentos da Editora Intrínseca para alegria geral, Tem livros para todos os gosto, até para dar aquela ajudinha na danada da dieta , espero que gostem muito, porque eu adorei :D



Os arquivos perdidos: Os Legados do Número Nove - Pittacus Lore


Quando foi libertado por John Smith em O poder dos Seis, o Número Nove estava fora de controle. Afinal, ser mantido refém é uma experiência capaz de transformar qualquer um, até mesmo um lorieno. Mas Nove já foi outra pessoa, viveu outra vida. Antes de ser capturado ele se chamava Stanley, e junto de Sandor, seu Cêpan, havia trocado a rotina de fugas e viagens por uma confortável cobertura em Chicago. Instalar-se ali, à vista de todos, estava se provando uma ótima estratégia para não serem descobertos - até o dia em que Nove decidiu caçar um mogadoriano. As consequências de suas ações transformaram para sempre sua vida...


Homem-máquina - Max Barry


Charles Neumann é engenheiro e trabalha em um sofisticado laboratório de pesquisas. Ele não tem amigos ou qualquer tipo de habilidade social, e ama máquinas e tecnologia. Por isso, quando perde uma das pernas em um acidente de trabalho, Charlie não encara a situação como uma tragédia, e sim como uma oportunidade. Ele sempre achou que o frágil corpo humano poderia ser aperfeiçoado, e então decide colocar em prática algumas ideias. E começa a construir partes. Partes mecânicas. Partes melhores.
A especialista em próteses Lola Shanks é apaixonada por membros e órgãos artificiais. Quando conhece Charlie, ela fica fascinada com a possibilidade de ter encontrado um homem capaz de produzir um corpo totalmente mecânico. Mas as outras pessoas acham que ele é um louco. Ou um produto. Ou uma arma.
Em uma sátira sobre como a sociedade se tornou tão dependente da tecnologia, Homem-máquina narra a estranha e divertida jornada de um homem em busca do autoaprimoramento.



4 horas para o corpo - Timothy Ferriss



Mais magro, mais musculoso, mais rápido, mais forte. É o que promete aos leitores Timothy Ferriss (autor de The 4-Hour Workweek) em 4 horas para o corpo, guia muito pouco convencional de bem-estar que reúne a sabedoria coletiva de centenas de atletas de elite, fisiculturistas e médicos, além dos resultados de inacreditáveis experiências feitas pelo próprio autor. Entre outras lições, Tim ensina como é possível perder nove quilos em 30 dias com a simplérrima Dieta Slow Carb, ganhar 15 quilos de músculos em 28 dias com apenas quatro horas de malhação e ter uma vida sexual bem mais excitante, triplicando a taxa de testosterona nos homens e levando mulheres a atingir orgasmos de 15 minutos de duração. Não é preciso ser abençoado com uma boa herança genética, nem desenvolver uma disciplina férrea. Tim explica com simplicidade como obter os melhores resultados a partir do mínimo esforço.
Soluções fáceis e eficientes para questões que afetam a maioria das pessoas, como o desejo de emagrecer, tornar o corpo mais musculoso, dormir melhor e ter uma ótima vida sexual.
Fartas ilustrações com a demonstração de manobras e dos exercícios propostos.



Como partir o coração de um dragão - Cressida Cowell



Soluço Spantosicus Strondus III foi o mais grandioso herói já visto em todo o território viking. Ele era bravo, impetuoso e muitíssimo inteligente. Mas até mesmo os grandes heróis podem ter dificuldades no começo, principalmente se seu companheiro é um dragãozinho teimoso, mal-educado e desobediente como o Banguela.
Em Como partir o coração de um dragão, a nova aventura da série Como treinar o seu dragão, Soluço está bastante ocupado: tem que conseguir completar a Tarefa Impossível, derrotar os Berserks, salvar Perna-de-peixe de virar comida de monstro e, ainda por cima, descobrir o secretíssimo segredo do Trono Perdido. Parece muita coisa? Não para Soluço; afinal, é para isso que servem os heróis, não é?



Murmúrio - Alyson Noël



Após uma missão bastante problemática, Riley praticamente implorou ao Conselho que lhe atribuísse uma tarefa mais desafiadora - algo que lhe permitisse provar todo o seu imenso potencial como Apanhadora de Almas. O novo desafio, porém, parece estar muito além de seu alcance: Riley precisa tirar de circulação o fantasma de um gladiador romano. E não se trata de qualquer gladiador, e sim do mais brutal e temido de sua época, tão feroz que era conhecido como "Pilar da Destruição". Mas como ela, uma menina magrela, de apenas doze anos, conseguirá chegar até ele?
A resposta está em uma bela moça, que sempre o observa de longe, chamada Messalina. Há séculos vagando nas ruínas da Roma Antiga, ela garante que a única alternativa de Riley é tornar-se parte daquele universo. Para isso, a menina passa por uma transformação radical - mais alta, mais velha, mais bonita, ela se torna a jovem que sempre quis ser, e talvez esteja, enfim, vivendo sua primeira grande história de amor.
Com tantos sonhos realizados, será que Riley vai mesmo levar a cabo sua missão e voltar ao encontro de Bodhi e Buttercup, deixando para trás o mundo novo e perfeito do qual passou a fazer parte?



Puros - Julianna Baggott



Pressia pouco se lembra das Explosões ou de sua vida no Antes. Deitada no armário de dormir, nos fundos da antiga barbearia em ruínas onde se esconde com o avô, ela pensa em tudo o que foi perdido: como um mundo com parques, cinemas, festas de aniversário, pais e mães foi reduzido a somente cinzas e poeira, cicatrizes, queimaduras e corpos mutilados. Agora, em uma época em que todos os jovens são obrigados a se entregar às milícias para, com sorte, serem treinados ou, se tiverem azar, abatidos, Pressia não pode mais fingir que ainda é uma criança. Sua única saída é fugir.

Houve, porém, quem escapasse ileso do apocalipse. Esses são os Puros, mantidos a salvo das cinzas pelo Domo, que protege seus corpos saudáveis e superiores. Partridge é um desses privilegiados, mas não se sente assim. Filho de um dos homens mais influentes do Domo, ele, assim como Pressia, pensa nas perdas. Talvez porque sua própria família se desfez: o pai é emocionalmente distante, o irmão cometeu suicídio e a mãe não conseguiu chegar ao abrigo do Domo. Ou talvez seja a claustrofobia, a sensação de que o Domo se transformou em uma prisão de regras extremamente rígidas. Quando uma frase dita sem querer dá a entender que sua mãe pode estar viva, ele arrisca tudo e sai à sua procura.
Dois universos opostos se chocam quando Pressia e Partridge se encontram. Porém, eles logo percebem que para alcançarem o que desejam - e continuarem vivos - precisarão unir suas forças.



Galera adorei esse ''Puros'' muito boa essa história! E vocês qual curtiram mais?




                                                                                                              Beijos
                                                                                                                        Nita
/
Related Posts with Thumbnails
 

Design by / Thema base