Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, abril 19, 2012


Resenha: O Circo da Noite

Comments
Oi gente!
Semana meio corrida por conta das provas, mas não dá para ficar sem resenha não é mesmo? Então confiram e não deixem de comentar.

Autora: Erin Morgenstern
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580571608
Páginas: 368
Ano: 2012

Sinopse: Sob suas tendas listradas de preto e branco uma experiência única está prestes a ser revelada: um banquete para os sentidos, um lugar no qual é possível se perder em um Labirinto de Nuvens, vagar por um exuberante Jardim de Gelo, assistir a uma contorcionista tatuada se dobrar até caber em uma pequena caixa de vidro ou deixar-se envolver pelos deliciosos aromas de caramelo e canela que pairam no ar. Por trás de todos os truques e encantos, porém, uma feroz competição está em andamento: um duelo entre dois jovens mágicos, Célia e Marco.

(Gente eu cortei uma parte da sinopse pois a liberada pela editora havia dois mega spoilers)

"O Circo chega sem aviso.
Nenhum anúncio o procede, nenhum cartaz em postes ou outdoor, nenhuma propaganda nos jornais locais. Simplesmente está lá, quando ontem não estava.
(...)
E o cartaz preto pitando em letras brancas pendurado nos portões, que diz:
Abre ao cair da noite
Fecha ao amanhecer" Página 7

E é assim que somos apresentados ao Le Cirque des Rêves, e sejam sinceros, depois de uma apresentação dessas tem como não criar grandes expectativas com a leitura?

Célia e Marcos ainda na infância acabaram tendo seus destinos ligados, mesmo sem se conhecerem. 
Ela, com seis anos foi morar com o pai, o talentoso e famoso mágico O Próspero, e ainda criança começou seu treinamento na arte do ilusionismo, mas até que ponto é uma ilusão?
Marcos foi adotado por Alexander, não como um filho, mas sim como um aprendiz. Alexander treinou o jovem para duelar com Célia, o objetivo era descobrir qual dos dois era o mais poderoso, trazendo benefícios principalmente ao ego de seus instrutores.

Ambos sabiam que estavam sendo treinados para um duelo, porém nunca foi explicado muita coisa sobre como funcionaria isto, nunca foram oficialmente apresentados e muito menos como seria decretado um vencedor.
Le Cirque des Rêves acaba se tornando o palco deste enfrentamento, porém como fazer um duelo funcionar sem entender como ele se dará. Como duelar com um oponente que nem se conhece? Pois é este o dilema dos dois.

Mesmo o ponto principal do livro ser o duelo, os demais  personagens são de grande relevância e destaque. Cada personagem tinha sua importância, mesmo ficando algum tempo sem aparecer quando surgia novamente percebíamos que eles se encaixavam tanto no circo quanto os protagonistas.

Quanto a narrativa, ela tem seus altos e baixos. É rica em detalhes maravilhosos, não teria como imaginar o circo tão detalhadamente se a autora não tivesse esse capricho, porém em alguns momentos acaba por ficar cansativa. Os detalhes são interessantes ao ponto de te deixar muito curioso com o livro, com que rumo cada capítulo irá te levar, porém em alguns momentos acaba ficando cansativo, mas vale dizer que os pontos positivos se sobressaem se comparados com a velocidade em que os fatos são narrados.

A magia tratada no livro é diferente do que costumamos ver por aí, vista como uma coisa fácil, desde que com muito estudo e preparação...

"Isso não é magia. É a forma como o mundo é, só que poucas pessoas arranjam tempo para parar e observar." Página 359

A diagramação do livro é ótimo, os detalhes em relação a cada inicio de capítulo, numeração das páginas realmente deixaram o livro mais interessante, sem contar a capa que ficou linda.

Se você estava na dúvida de embarcar ou não neste circo nada convencional, fica aqui minha recomendação.

Beijos
Lis
/
Related Posts with Thumbnails
 

Design by / Thema base