Ocorreu um erro neste gadget

sábado, fevereiro 18, 2012


Resenha: Marta

Comments
Oi gente!
A resenha e hoje é de um livro nacional que trata um tema super interessante que é a bipolaridade, 'bora conferir?

Autor: Breno Melo
Editora: Schoba
ISBN: 9788580130140
Páginas: 216
Ano: 2010


Sinopse: Marta é bipolar, adolescente e tenta viver uma história de amor. Um velho psiquiatra, disposto a produzir Literatura leiga e fugir das teses para o meio acadêmico, narra os fatos mais significativos da vida de Marta, abrangendo toda a sua primeira adolescência, até que possa caracterizá-la como bipolar tipo I. O mais original é que ele mostra Marta às voltas com a vida que todos levamos - tentando viver sua própria história de amor - e não apenas com o transtorno em si ou tratando dele.


Este livro foi totalmente diferente do que eu esperava, não me decepcionei, apenas não imaginava que o livro tomaria o rumo que tomou e que a narrativa iria me surpreender tanto.


"Que alguém espere apaixonado é a maior das torturas, ainda que possa sorrir a cada instante, a cada segundo, a cada hora, pedindo sempre que o carrasco do Tempo nunca deixe de agir..." página 203


Como visto na sinopse, o livro retrata o cotidiano de Marta, uma jovem que mora em uma pequena cidade na Argentina, e que sofreu uma desilusão amorosa, uma desilusão que mexeu muito com ela, e que causou muitas mudanças em sua vida. Agora ela está em uma nova fase, indo estudar em uma cidade maior e morando com suas amigas, porém essas mudanças não garante que seu estado emocional irá mudar e nem implica em dizer que será fácil esquecer o rapaz.

O que mais me agradou no livro foi a narrativa, temos capítulos intercalados, em que em algumas vezes vemos a narração do cotidiano de Marta com suas amigas, em outros capítulos temos uma visão de um observador analisando sua conduta, nos explicando o seu comportamento. 

Assim o livro não tem apenas como foco principal a vida de Marta, mas sim a análise de seu comportamento. E engana-se quem acha que desse modo o livro perde o foco, ou deixa de ser um romance para ser um estudo sobre a bipolaridade pois o autor soube trabalhar muito bem as duas narrativas, sem uma interferir uma narrativa na outra, mas sim complementando.

Quando vi sobre o que tratava o livro achei que seria uma leitura complicada, mas não tem nada disso, já no prefácio o autor faz uma ótima explicação sobre o que o leitor encontrará na narrativa, bem como orientando a leitura.

A narrativa quando feita em relação ao cotidiano de Marta é feita em terceira pessoa, o que é bom, pois creio eu que estar lendo um livro narrado por uma personagem bipolar seria um pouco confuso para o leitor. Já nas partes em que o autor explica o comportamento de Marta temos a impressão de uma conversa, percebemos que além do tema, a narrativa muda também, sem contar que temos ótimas citações.

Bom, para quem não conhecia o livro fica aqui minha super indicação, quem leu a sinopse ou viu que o tema é sobre bipolaridade e não agradou, dê a chance, tenho certeza que assim como eu será surpreendido.
Ah! E não pulem o prefácio ;) (Sim, tenho uma amiga que faz isso)

Beijos
Lis
/
Related Posts with Thumbnails
 

Design by / Thema base