Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, janeiro 17, 2012


Cinefilia: O cinema, propriamente dito

Comments
Olá queridos, como foi o final de semana? Eu e a doida da Lis, pernoitamos de sábado para domingo, e foi muito engraçado, adoro essa menina! (risos) Meu final de semana foi tranqüilo, sexta fui ao cinema assistir Sherlock Holmes! *-* E foi fantástico, o filme é incrível. Sem ladainhas, vamos direto ao ponto.
Eu me apresentei á vocês e fiquei muito feliz com os comentários, obrigada por participarem e que bom que gostaram, mas estive pensando... Como posso falar sobre cinema, se nem expliquei o que é? (shame on me) Desculpem-me, por estes post’s chatos, mas gosto das coisas minuciosamente explicadas. =) E é claro que não estou subestimando a inteligência de vocês, quero apenas apresentá-los aos termos técnicos e mostrar-lhes uma história bonitinha que vi no Tele Cine.
Cinema é a técnica e a arte de registrar e reproduzir imagens
com impressão de movimento, bem como a indústria que produz estas imagens. As
obras cinematográficas (mais conhecidas como filmes) são produzidas através da
gravação de imagens do mundo com câmeras, ou pela criação de imagens utilizando
técnicas de animação ou efeitos visuais.

Os filmes são feitos de uma série de imagens individuais
chamadas fotogramas. Quando essas imagens são projetadas de forma rápida e
sucessiva, o espectador tem a ilusão de que está ocorrendo movimento. A
cintilação entre os fotogramas não é percebida devido a um efeito conhecido como
persistência da visão, pelo qual o olho humano retém uma imagem durante uma
fração de segundo após a fonte ter sido removida. Os espectadores têm a ilusão
de movimento devido a um efeito psicológico chamado movimento beta. A
origem do nome "cinema" vem do fato de que o cinematógrafo, historicamente, foi
o primeiro equipamento utilizado para o registro e exibição de filmes.
Fonte: Wikipédia


Li um texto muito interessante, que acentuava que a nossa primeira ida ao cinema, com certeza seria inesquecível. Eu infelizmente sofro do “mau do esquecimento” (usei esse termo porque é brincadeirinha, risos) mas eu tenho flashes, dos primeiros filmes que assisti no cinema, e a sensação é muito boa, mas imagine, quem viu o primeiro filme do mundo? Como deve ter sido a sensação?
Até o início do século XVIII, as únicas formas que o homem tinha de capturar e guardar imagens de pessoas ou de paisagens, era através da memória, ou sendo retratada na tela de um pintor. Isso mudou, quando, em 1826, na França, o inventor Nicéphore Niepce, conseguiu registrar uma imagem sem pintá-la, e demorou 14 horas para alcançar o feito. O filme fotográfico só foi inventado em 1879, por Ferrier e aperfeiçoado, pelo americano George Eastman. Algum tempo depois os irmãos Lumiére, inventaram o cinematógrafo, que era a câmera de filmar e projetar imagens em movimentos. Os irmãos, começaram a produzir filmes e a primeira apresentação pública foi em 1895, na França. Foi pelo fato de os filmes não terem som, que se foi criada a expressão "Cinema Mudo". Os atores falavam e em seguida surgiam as legendas na tela, um dos grandes destaques do cinema mudo, foi Charles Chaplin.



Por que isso tudo? É por que quero que compreendam a magia e a grandeza do cinema, de um filme, pare e pense um pouco o quão fantástico é, você poder gravar um momento especial, ou imaginar um momento especial que você queria que acontecesse e no futuro poder revê-lo quantas vezes quiser, vivenciar aquele momento maravilhoso á toda hora, á todo tempo. O fato de ir ao cinema, ou assistir á um filme, pode parecer algo simples, porém se prestarmos bastante atenção é um momento mágico, onde todos podemos ver as mesmas cenas repetidas vezes, porém, cada um de nós sentirá um sentimento único, inigualável.

Domingo enquanto almoçava, estava rolando os canais vagarosamente, e parei de súbito no Tele Cine, estava passando um filme, sobre a vida de Enid Blyton, (a odiosa que gostava de crianças) e acabei assistindo um pedaço enquanto almoçava, bom, sem mais delongas, quero apresentar-lhes um “filme” fofinho que passou durante o curto comercial do filme. Quero que conheçam:


O homem que nunca tinha ido ao cinema.


Espero que tenham gostado do post, tenham uma ótima semana, estou adorando participar do Batalha.


Beijinhos e até a próxima.
Camila Leite.
/
Related Posts with Thumbnails
 

Design by / Thema base