Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, dezembro 01, 2011


A Força do Amor - Elizabeth Chandler (Beijada Por Um Anjo #2)

Comments

Boa noite, querido leitor! Como vai?
Prepare-se para mais uma viagem dentro dos queridos e amados livros. Seja bem-vindo à análise de A Força do Amor, segundo livro da série Beijada por Um Anjo, de Elizabeth Chandler.
Infelizmente, não tenho nenhuma música que represente esta resenha... Se alguém quiser ouvir uma dica minha (e que tem "a ver" com Anjos), escutem Fallen Angels, da banda Black Veil Brides (que maquiagem incrível é aquela, né)!

Por dentro da história!
Não haverá esta parte nem nesta nem nas resenhas posteriores. Como se trata de uma série, spoilers são mais comuns que qualquer coisa... e é isto que se quer evitar. Resenha acessível a todos!

Sinopse
Esta é a sinopse do livro no skoob. Ela também será analisada:


"Sei que o perdi... Tristan está morto. Jamais poderá me abraçar novamente. O amor termina com a morte." Ivy 
Quatro semanas se passaram desde o acidente em que Ivy Lyons perdeu Tristan, o grande amor de sua vida, e deixou de acreditar nos anjos. Os dias têm sido difíceis e para superá-los Ivy busca forças na família e nos amigos. Sua grande motivação agora é ensaiar para a apresentação de piano no Festival de Artes de Stonehill, já que Suzanne, sua amiga de infância, pensando em animá-la, fez a inscrição, mesmo contra a sua vontade. Ainda sem saber lidar com os seus poderes angelicais, Tristan Carruthers conta com a ajuda de Lacey - um anjo mais experiente - para aprender a tocar nas pessoas, canalizar energia e voltar ao passado. Assim, os dois partem na busca por respostas para o acidente, por uma maneira de Ivy sentir Tristan e, principalmente, de mostrá-la que o acidente foi, na verdade, um assassinato. Todo esforço de Ivy para superar a perda de Tristan é interrompido por pesadelos que a fazem reviver o dia do acidente e se misturam com fatos do dia do suicídio de Caroline, ex-mulher de Andrew, marido de sua mãe. O temor de Ivy é acalantado nos braços de Gregory, seu irmão adotivo. Angustiado pelos contínuos pesadelos da amada, Tristan decide que é a hora de fazer contato e segue seu objetivo com a ajuda de Lacey. Mas como aproximar-se de Ivy se ela não mais acreditava em anjos e ele agora era um? O amor que os une será o canal para Tristan se aproximar de Ivy e alertá-la sobre as pessoas que estão ao seu redor. Será que todos em que ela confia são realmente seus amigos?

Esta sinopse, com certeza, é BEM melhor que a do livro anterior. Recordando que a função de uma sinopse é ambientar o leitor sem entregar muito da história em si. Esta parte de alguns pressupostos já da sinopse anterior – ou seja, se você não leu o livro, não há problema. Apenas os pontos principais são descritos (e já o tinham sido, de forma bem menos eficiente, na sinopse anterior). Além disto, esta sinopse propõe questões a serem resolvidas no enredo, o que leva o leitor ter ao menos a curiosidade de ler (mesmo os que não gostaram do primeiro livro).

Capa
Trocando o tom de azul da primeira capa para o rosa desta, o livro adquiriu algumas coerências adicionais. Por exemplo, o cor de rosa e a borboleta combinam muito bem com título e com algumas passagens do livro.

Título
Desta vez o título é um desafio. Tristan quer provar a Ivy que existe (como um anjo) e que o amor também... Será que ele vai conseguir provar a FORÇA DO AMOR? Esta é a maior pergunta que já é escancarada logo de cara.

Análise da história
Desta vez a autora conseguiu melhorar um pouco no quesito simplicidade e genialidade. O livro mudou um pouco de essência, algumas daquelas sensações semelhantes a O Morro dos Ventos Uivantes e afins se vão, concentrando-se mais na história real em si, como Ivy e as pessoas em seu redor. Mas, ao mesmo tempo, mantém o toque delicado do sobrenatural sem muitos absurdos. Há um amadurecimento da escritora, embora ainda não se possa dizer que a história esteja perfeita, pois alguns escorregões ainda são nítidos (como alguns toques de idealização quase cega em partes específicas da obra). A análise é: vale a pena ser lido, é uma ótima continuação, deixa ganchos muito bons para o terceiro livro, mas ainda não é o ápice da história em vários quesitos técnicos e de enredo.

NOTA: MUITO BOM

Espero realmente que tenham gostado! Não quis que houvessem spoilers, então a resenha ficou mais curtinha... Mas analisei todos os parâmetros, sim? \o/

Lembrando que COMENTANDO nesta resenha você ganha mais chances na promoção! Clique no banner abaixo para ser direcionado!


Promoção Beijada por um Anjo

/
Related Posts with Thumbnails
 

Design by / Thema base