Ocorreu um erro neste gadget

domingo, julho 24, 2011


A Pirâmide Vermelha - Rick Riordan

Comments
Oi pessoas!!!
Eu finalmente li um livro do Rick (infelizmente eu sou parte do pequeno grupo que não leu Percy Jackson... é pois é)... e o que eu achei?? Bom, confiram ai em baixo ;)

Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788598078977
Páginas: 448
Ano: 2010

Sinopse: Desde a morte da mãe, seis anos atrás, Carter Kane viaja o mundo com o pai, o egiptólogo Dr. Julius Kane. Ele não frequentava a escola e seus pertences cabem em uma única mala.
Enquanto isso, Sadie, sua irmã mais nova, é criada pelos avós em Londres. Ela tem tudo o que Carter queria: casa, amigos e uma vida "normal". E ele, o que ela mais deseja: conviver com o pai. Depois de tanto tempo separados, os irmãos não tinham praticamente mais nada em comum.
Até que na noite de Natal, em uma visita ao British Museum, o pai faz uma estranha promessa: tudo voltará a ser como antes. Mas seu plano dá errado, e os irmãos acabam assistindo ao momento em que um personagem misterioso desaparece com o egiptólogo e provoca uma explosão magnífica.
Para salvar o pai, os irmãos embarcam em uma perigosa jornada, na qual descobrem que os deuses do Egito Antigo foram despertados e algo terrível está para acontecer - e que tudo isso está relacionado com uma ligação ancestral entre os Kane e a Casa da Vida, ordem secreta que existe desde a época dos faraós.
Primeiro volume da série As crônicas dos Kane, A pirâmide vermelha leva aos leva aos leitores a aventura, o mistério e o irresistível humor já característica dos livros de Rich Riordan, autor da bem sucedida série Percy Jackson e os Olimpianos. Os capítulos narrados ora por Carter, ora por Sadie, dão a história o tom ao mesmo tempo engraçado e comovente da rivalidade e das provocações entre os irmãos, que mal se conhecem no início da saga, mas, quem sabe, ainda serão grandes companheiros.


Me surpreendi muito com o livro, li ele esperando sim uma ótima leitura, mas o autor conseguiu mais que isso, é uma leitura totalmente envolvente, que nos instiga a querer saber mais sobre a cultura egípcia.


Carter Kane sempre morou com o pai, mas morou no sentido de conviver, afinal, os dois nunca tiveram uma residencia fixa pois sempre estavam viajando pelo mundo em expedições por conta das pesquisas do pai, um egiptólogo que se privou do convívio com Sadie, sua filha caçula que por conta de  um acordo com os avós maternos, acabou ficando com o direito de ver Sadie apenas duas vezes por ano.
E é em uma dessas visitas que a vida de Sadie e Carter vira de cabeça para baixo.

O pai deles os levam para o British Museum e em um ritual totalmente misterioso acaba explodindo o local e despertando um deus nada simpático. Se já não bastasse isso, o pai acaba sendo trancafiado em um sarcófago pelo deus despertado e afunda no solo do museu.

Sozinhos, os irmãos acabam indo morar com o excêntrico tio Amós, e não exagero quando digo excêntrico, pois tentem imaginar alguém que tem como mordomo um babuíno e na piscina da casa um crocodilo, pois é, esse é tio Amós, e é ele quem começa a explicar aos irmãos o que aconteceu no museu, além de explicar toda a história por trás da família Kane.
O livro todo é uma corrida contra o tempo, e há várias coisas em jogo não só a vida do pai dos dois.

Eu adorei o livro, o autor tem uma escrita super dinâmica e logo no primeiro capítulo me vi totalmente envolvida na leitura, querendo saber o que iria acontecer, se iria dar tempo de resolver todos os empasses.
A escrita toda é em primeira pessoa, o que muda é que em alguns capítulos a narração é feita por Carter e em outros por Sadie. O que achei mais incrível é como o autor conseguiu fazer isso sem deixar o livro confuso.
Podemos ver claramente a diferença quando a narrativa muda de personagem, porém o fio da meada na estória não se perde. O livro também tem um toque de humor, mas nada apelativo, fica aquele bom humor na leitura, mas nada que supere a aventura que os personagens estão vivendo.
Enfim, estou encantada com a escrita do Rick, não vejo a hora de ler o próximo.

Beijos
Lis
/
Related Posts with Thumbnails
 

Design by / Thema base