Ocorreu um erro neste gadget

domingo, novembro 07, 2010


Resenha: A última música - Nicholas Sparks

Comments


Ano de Lançamento: 2010
Número de Páginas: 408 páginas
Editora: Novo Conceito
Tradutor: Danielo Vilela Bandeira
Título Original: The Last Song
Ano de Lançamento: 2009
Número de Páginas: 400 páginas
Editora: Grand Central Publishing


Com apenas dezessete anos, Verônica Miller - ou Ronnie, como é carinhosamente chamada - vê sua vida virada do avesso quando o casamento dos pais chega ao fim e o pai se muda da cidade de Nova Iorque , onde vivem, para Wrightsville Beach, uma pequena cidade costeira na Carolina do Norte. Três anos não são o suficiente para apaziguar o seu ressentimento, e quando passa um verão na companhia do pai, Ronnie rejeita com rebeldia todas as suas tentativas de aproximação, ameaçando antecipar o seu regreesso a Nova Iorque. Mas será  na tranquilidade que envolve o passar dos dias em Wrightsville Beach que Ronnie irá descobrir a beleza do primeiro amor, quando conhece Will, e vai afrouxando, uma a uma, todas as susas defesas, deixando-se tomar por uma paixão irrefreável e de efeito devastador. Nicholas Sparks é, como sabemos, um mestre da moderna trama amorosa, e em A última música , usa de extrema sensibilidade para abordar a força e a vulnerabilidade que envolvem o primeiro encontro com o amor e o seu imenso poder para ferir... e curar.
Uma história sobre a família, os amores, as segundas oportunidades e aqueles momentos que nos trazem de volta às origens...

Eu já podia ter lido esse livro há algum tempo, mas nunca tive coragem. Motivo principal: Miley na capa! Isso pode parecer bem preconceituoso, mas eu raramente gosto de livros com capa de filme, mais raramente ainda quando é a Miley a protagonista do filme. Mas enfim, depois de ler  várias resenhas positivas do livro eu decidi dar uma chance pra ele e fingir que a garota na capa era qualquer pessoa desconhecida e nem por sombras a Miley.

É o segundo livro que leio do Nicholas Sparks. O primeiro que li foi Querido John e eu gostei bastante. Pra falar a verdade se tornou um dos meus livros favoritos. O Nicholas escreve de uma maneira tão cativante, tão profunda e sensível que não tem como a gente não se envolver e se emocionar e não foi diferente em A última música.

O livro exerceu uma espécie de imã sobre mim. Juro que assim que começei a ler e fui conhecendo a Ronnie, o Steve,o Jonah  e o Will que eu praticamente não tinha vontade de fazer mais nada, apenas saber qual era o rumo que a história iria tomar. E a cada página o livro ia me conquistando.

A última música é um dos melhores livros que eu li em toda a minha vida! Conta a história de uma adolescente que se rebelou depois da separação dos pais e que há três anos cortou relações com o pai. Então ela e o irmão vão passar o verão com ele e tudo muda.

O livro pode até ser previsível, mas a forma como a história é contada é que faz dele único,  singular. Eu confesso que a história pra mim teve um sabor diferente, pois eu me vi sendo a Ronnie em várias situações e já passei por algo parecido com o que ela  passou. O livro realmente me fez relembrar fatos na minha vida e foi impossível não me emocionar e não chorar!

Se um dia eu tiver o prazer de ter uma conversinha com o Nicholas vou logo cobrando uma caixinha de lenços e dizer pra ele que ele é simplesmente fantástico!

Classificação:  ☆☆☆☆
/
Related Posts with Thumbnails
 

Design by / Thema base