Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, julho 29, 2010


Noite Eterna - Claudia Gray - vol I

Comments
Noite Eterna


Um livro contado entre revelações surpreendentes, grandes reviravoltas e mistérios sobrenaturais, uma obra de tirar o fôlego
Sucesso nos Estados Unidos, Noite Eterna acompanha a história de Bianca Oliver, uma menina que vai viver sua história de amor em uma escola nada comum. Uma das pioneiras na tendência de romances misteriosos, Claudia Gray traz uma narrativa de tirar o fôlego.

“Bianca acaba de deixar a cidade pequena onde vivera sua vida inteira. Ela é aluna nova em Noite Eterna, uma escola misteriosa, onde seus colegas parecem perfeitos demais para ser verdade: inteligentes, sagazes e quase predatórios. Bianca sente-se como se não pertencesse àquele lugar, até que conhece Lucas, que parece determinado a não se tornar mais um dos tipos esquisitos. A química entre os dois é inegável e Bianca se vê disposta a arriscar tudo para viver este amor. Mas alguns segredos obscuros vão surgir no caminho e farão a jovem questionar tudo em que até hoje acreditou.”

A trama é marcada por uma reviravolta que vai surpreender os leitores. Noite Eterna é o primeiro de quatro volumes da série que a Editora Planeta traz ao Brasil.

Editora: Planeta do Brasil
Autor: CLAUDIA GRAY
ISBN: 9788576655022

Crítica da Lília: Como deu pra perceber, devorei o livro Noite Eterna da autora Claudia Gray. Eu não conhecia a autora e comprei o livro por ser um romance, não tinha a mínima noção do que era o livro até lê. Tudo bem que li diversas resenhas e todas e diziam que se tratava de mais um conto vampírico e comecei a lê na expectativa de um “Crepúsculo”, “Diários do Vampiro”, “Academia de Vampiros”, enfim... Tudo que ligava a vampiros. E depois que comecei a lê, me deparei com algo totalmente diferente, alias literalmente diferente!
Tem romance, mas não como “Crepúsculo”, Tem segredos, mas não como “Diários do Vampiro”, Tem escola, mas não como “Academia de Vampiros”, é um novo e criativo conto. Vai além do que se possa imaginar.
É um livro para apreciadores de romance, uma história para adolescentes com a febre de bons vampiros, que vivem em famílias e em sociedades, estudando em colégios...
Bianca, a mocinha simples e tímida do conto, se muda da sua pequena cidade para a assombrosa escola interna “Noite Eterna”, local onde seus pais passam a ser professores. Existe um conflito pessoal com está mudança. No primeiro dia de aula Bianca tenta fugir, mesmo sabendo que seria uma tentativa frustrada, e na floresta conhece Lucas Ross, que assim como ela, é um “novato” na escola Noite Eterna. Junto a Lucas, Bianca se sente protegida e Lucas se acha na obrigação de protegê-la. Surge uma forte ligação entre os dois, algo que eles nunca haviam sentido até então.
Bianca é um dos casos raros existentes entre vampiros, ela é filha legitima de vampiros, mas ainda não é completamente uma vampira.
A escola Noite Eterna existe para que os vampiros possam se adaptar melhor e aprender a conviver no mundo moderno sem chamar atenção dos humanos. Mas as coisas começam a ficar estranhas quando a escola Noite Eterna passa a aceitar alunos humanos.

terça-feira, julho 27, 2010


Selo Deslumbrante

Comments
Fiquei muito feliz com a surpresa recebida da querida Bizinha Vieira , do blog Divagações , que me contemplou com este Selinho Delumbrante.


Gostaria de oferecê-lo a todos os blogs, em especial aos meus amigos listados e aos que sempre visitam este espaço virtual, mas como alguns já foram contemplados, preciso selecionar uns entre tantos.

Conforme as regras do selo, os contemplados deverão:


1. Deixar um comentário nesse post.
2. Criar um post para o selinho.
3. Passar esse selinho para 6 pessoas ou mais.


Repasso o Selo Deslumbrante aos blogs:


Testemunha da acusação

Comments
Testemunha da acusação
Autor: AGATHA CHRISTIE

“Em Testemunha da acusação e outras história, a Rainha do crime apresenta quatro grandes textos da dramaturgia - Testemunha da acusação, A hora H, Veredicto e Retorno ao assassinato. No livro que dá nome à coletânea, Agatha Christie cria uma emocionante trama de tribunal - Leonard Vole é acusado de assassinar uma mulher mais velha, de quem era o único beneficiário no testamento. O julgamento foge ao controle quando a mulher do réu aparece para testemunhar contra o marido.”



Crítica da Lília: Uma obra-prima do subgênero tribunal. Uma história que me fascinou. Um tribunal, onde o advogado tem que usar de recursos muitas vezes simples, mas inteligentes, para livrar (ou condenar) alguém. Esse tipo de argumento também serviu para alguns autores fazerem grandes livros a partir de importantes fatos reais que conhecemos.
O livro trata-se de um conto de Agatha Christie. Nessa película ela mostra personagens muito bem escritos e um suspense digno de poder chamar o livro ser chamado clássico.
A história original é na verdade somente um pequeno. Ele nos conta a história do advogado que, recebe uma visita especial, e acaba se vendo envolvido novamente em um caso de tribunal.
Esse advogado é Sir Roberts, um dos mais afamados criminalistas da cidade. Todos os "casos perdidos" são enviados para ele, que tem a fama de transformá-los em "casos vencidos". Um homem, Leonard Vole, que é acusado de assassinar uma mulher mais velha para obter dela suas riquezas, já que era o único beneficiário no testamento, entra em sua sala e pede que ele lhe ajude, Sir Roberts resolve assumir o caso. O único álibi de Sir Vole é o testemunho da sua esposa, Sra Vole, uma mulher fria e calculista. A tarefa de Sir Roberto fica praticamente impossível quando Sra Vole concorda em ser testemunha, não da defesa, mas da acusação, testemunhando contra o marido. A partir desse ponto prefiro não mais comentar o que vem a acontecer no desenrolar da trama, pois brilhantemente somos presenteados com muitas reviravoltas (às quais algumas foram adicionadas à história original de Christie) e diálogos fervorosos, deixando o leitor grudado na cadeira ou no sofá, torcendo para que se descubra logo a verdade. Confesso que não desconfiava do desfecho em nenhum momento do livro e acho que você, leitor, também não conseguirá adivinhar.

sexta-feira, julho 23, 2010


Irmandade da Adaga Negra - Amante Eterno

Comments
Irmandade da Adaga Negra

Amante Eterno – livro 2

“Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra entre os vampiros e seus carrascos os redutores. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça. Possuído por uma besta letal, Rhage é o membro mais perigoso da Irmandade da Adaga Negra. Dentro da Irmandade, Rhage é o vampiro de apetites mais vorazes. É o melhor lutador, o mais rápido a reagir, baseado em seus instintos, e o amante mais voraz, porque em seu interior arde uma feroz maldição lançada pela Virgem Escriba. Possuído por esse lado sombrio, Rhage teme constantemente que o dragão dentro de si seja liberado, convertendo-o num perigo letal para todos à sua volta.”



Crítica da Lília: A narrativa contemporânea e ousada se traduz em uma descrição detalhada das cenas repletas de luta, sexo e sangue. Neste livro a autora fala de Rhage, o irmão mais poderoso de todos os irmãos guerreiros, ele carrega uma terrível maldição imposta pela Virgem Escriba, o que o torna bastante perigoso, até a quem ele ama. Neste livro Rhage muda completamente a sua vida após conhecer Mary uma mulher humana, que carrega consigo uma leucemia e que sem querer e por um louco amor que surge, é levada para o mundo misterioso dos vampiros. Rhage era um conquistador, usava da luxuria para saciar os seus desejos e os de sua“besta” . Ao logo da historia conseguimos ver que quando se ama alguém até milagres podem acontecer. Ao contrário do primeiro livro, esse conta mais sobre os demais personagens e guerreiros, como a descoberta de um futuro guerreiro perdido, john mattew, orfão e mudo que não se recorda de seu passado e através de Mary chega a Bela, uma vampira que o encaminha aos conhecimentos dos guerreiros. Também torna as partes contadas sobres os Redutores mais necessária, mas não tanto quanto o devia. Esse livro promete, risos, drama, sexo, tensão, suspense, emoção e acima de tudo, muito amor. Não desista de lê, vale apena e eu aprovo. Melhor livro lido até o momento. Posso adiantar que o próximo conta a história do guerreiro Zsadist, que não é exatamente o que parece ser e tem muito a contar...

quinta-feira, julho 22, 2010


Irmandade da Adaga Negra - Amante Sombrio

Comments
Irmandade da Adaga Negra

Amante Sombrio – livro 1



“Nas ruas do Cadwell em Nova Iorque se mantêm uma encarniçada luta entre duas bandas, duas raças: A Irmandade e seus caçadores e assassinos. A Irmandade a compõem seis vampiros e guerreiros que arriscam sua vida pelo amparo e sobrevivência de sua raça, perseguida e dizimada o que a situou em uma perigosa situação, a população de vampiros há diminuído alarmantemente. Warth, Rhage, Zsadist, Phury, Vishous e Tohrment se submeteram a duros treinamentos para poder lutar e proteger a sua espécie. Mistura aventura e romance em uma história envolvente que prende o leitor do princípio ao fim, envolvido pela guerra travada entre vampiros e humanos, e pelo tórrido amor entre o vampiro Rei e uma jovem e bela mestiça, que terão de superar muitos desafios se quiserem consumar seu amor.”

Crítica da Lília: Darius é um dos guerreiros que compõem a irmandade, antes de morrer ele pede a seu irmão Warth que fique responsável por cuidar de sua filha Beth (uma mestiça de mãe humana e pai vampiro), durante a transição. Warth é um vampiro puro (de pai e mãe vampiros), e o único capaz de salvá-la. Beth é uma jornalista, que perdeu sua mãe quando nasceu e teve um pai ausente, pensando que este estava morto. Ela não sabe que está preste a passar pela transição e nem sabe da existência de vampiros. Mora em um simples apartamento com seu gato Boo e convive com policiais em busca de boas matérias para seus artigos do jornal. O conto é passado de forma real e apaixonante, surpreendente, mas com certas partes chatas e inexplicáveis. A parte dos “Redutores” sendo narrada e descrita detalhadamente deixou o livro a parado, tornou chato e monótono, detalhado demais desnecessariamente. Para fins de esclarecimento, os redutores são humanos literalmente sem alma, empenhados na exterminação dos vampiros. Alguns detalhes são necessários serem postos sobre os caçadores, mas daquela forma não. Era a parte mais chata que quebra totalmente o contexto da história. Os irmãos passam a ser mais citados no fim e eles são os mais necessários para toda desenvoltura dos demais livros, poderia ter dado breve casos deles como no fim se deu. Beth aparenta ter todo um carinho pelo seu animal de estimação e quando passa a sentir todos os sintomas da transição, simplesmente é levada a Warth e daí em diante, o gato ficou por lá, ela sempre usou as blusas de Warth e nunca foi buscar as dela, as coisas contidas no apartamento, ficaram por lá abandonadas e isso que não compreendo nos autores. Não pode perder o foco e o contexto da história, se tinha uma vida, não se abandona assim, pode ser uma história, mas esses detalhes não podem passar. O mesmo se dá ao Butch, o ex-policial e ex-apaixonado por Beth, passa a viver entre os guerreiros, abandona suas coisas, passa a usar as roupas dos guerreiros e ele não se torna vampiro, já que esses são vampiros diferentes e achei super criativo e autêntico, posso até afirmar que os livros atuais sobre vampiros tiveram sua base voltada nessa serie.
Fora tudo isso, o livro conta sobre uma linda história de amor, que fascina e prende a quem lê.

segunda-feira, julho 19, 2010


Irmandade da Adaga Negra

Comments
Irmandade da Adaga Negra

A Editora Universo dos Livros está lançando no Brasil a série Irmandade da Adaga Negra , de J. R. Ward. Best-sellers no The New York Times, (já está em seu oitavo título nos Estados Unidos, a autora, J. R. Ward tem contrato assinado para entregar outros três títulos até 2013), possui um enredo bem mais adulto e picante que seu contemporâneo Crepúsculo (lançado a mesma época que Amante Sombrio, em 2005, nos Estados Unidos).
Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra entre os vampiros e seus carrascos os redutores. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça. Possuído por uma besta letal, Rhage é o membro mais perigoso da Irmandade da Adaga Negra.
Dentro da Irmandade, Rhage é o vampiro de apetites mais vorazes. É o melhor lutador, o mais rápido a reagir, baseado em seus instintos, e o amante mais voraz, porque em seu interior arde uma feroz maldição lançada pela Virgem Escriba. Possuído por esse lado sombrio, Rhage teme constantemente que o dragão dentro de si seja liberado, convertendo-o num perigo letal para todos à sua volta.

Editora: Universo dos Livros
Autor: J.R. WARD

Amante Sombrio (Dark Lover – 2005)
Wrath é o rei dos vampiros e último de raça pura entre eles. Ele é cego e é o líder que não quer assumir o trono. Ele apaixona-se pela mestiça Beth, filha do seu irmão Darius.

Amante Eterno (Lover Eternal – 2006)
Rhage é o mais forte e mais bonito dos irmãos. Amaldiçoado pela Virgem Escriba ele é possuído por uma fera que ameaça a todos. Ele conhece a humana e indefesa Mary e por ela é capaz de dominar o seu lado mais sombrio.

Amante Desperto (Lover Awakened – 2006)
Zsadist possui o corpo repleto de cicatrizes e um olhar amedrontador. Tendo sido por muito tempo escravo de sangue possui um passado repleto de sofrimento e humilhações. Caberá a Bella ajudá-lo a superar essas feridas e vislumbrar um futuro ao lado dela.

Amante Descoberto (Lover Revealed – 2007)
Butch é ex-detetive e o único humano aceito na sociedade. Ele é mencionado na antiga Profecia dos Redutores... E isso o mantém em conexão com eles. Sua história e o seu amor pela vampira Marissa são contados aqui.

Amante Liberado (Lover Unbound – 2007)
Vishous possui o dom de prever o futuro, mas esse poder o atormenta, pois não consegue impedir que coisas ruins aconteçam com aqueles que amam. Tatuagens libidinosas em sua face indicam um passado assustador que a médica cirurgiã Jane Whitcomb irá descobrir.

Amante Consagrado (Lover Enshrined – 2008)
Phury é o irmão gêmeo de Zsadist. Sua lealdade pelo irmão o faz atirar na própria perna. Dono de uma aparência incrível ele mantém o celibato como forma de punição. Mas até quando ele manterá essa opção?

Amante Vingado (Lover Avenged – 2009)
Rehvenge é cunhado de Zsadist. Dono do clube ZeroUm q vive num mundo de corrupção e violência. E ainda tem que esconder a sua natureza mestiça usando altas doses de dopamina... Que podem matá-lo. Sua salvação será Ehlena, uma vampira intocada pela corrupção que o cerca – e a única coisa que se coloca entre ele e a destruição eterna.

Meu Amante (Lover Mine – 2010)
Depois de ser adotado pela Irmandade e ter cumprido sua transformação como vampiro... Ninguém poderia imaginar a verdadeira história de John Matthew. Ele é levado à guerra e lá descobre a sua verdadeira origem.

Resolvi fazer umas citações para melhor compreensão da Saga, antes de postar sobre o primeiro livro.

Glossário

Doggen: Membro da classe servil no mundo dos vampiros. Os doggens mantêm as antigas tradições de forma muito rigorosa e são muito conservadores em questões relacionadas com o serviço aos seus superiores. Suas vestimentas e comportamento são muito formais. Podem sair durante o dia, mas envelhecem relativamente rápido. Sua esperança de vida é de quinhentos anos aproximadamente.

As Escolhidas: Vampiras destinadas a servir à Virgem Escriba. São consideradas membros da aristocracia, embora de uma maneira mais espiritual que temporal. Têm pouca, ou nenhuma relação com os machos, mas podem se acasalar com os guerreiros com o objetivo de reproduzir sua espécie se assim desejar a Virgem Escriba. Têm a capacidade de predizer o futuro. No passado, eram utilizadas para satisfazer as necessidades de sangue de membros solteiros da Irmandade, mas esta prática foi praticamente abandonada pelos Irmãos.

Escravo de Sangue: Vampiro fêmea ou macho que foi subjugado para satisfazer as necessidades de sangue de outros vampiros. A prática de manter escravos de sangue caiu, em grande medida, em desuso, mas não é ilegal.

Fore-Restritor: Cargo dentro da Sociedade Redutora outorgado pelo Ômega e que vem acompanhado de certos poderes e privilégios especiais que outorgam ao sujeito habilidades superiores e poderes que o resto dos Redutores não possui. O Fore-Redutor é “o cabeça” da sociedade, responsável pelas estratégias, e todos os Restritores lhe devem obediência.

Hellren: Vampiro que escolhe uma fêmea como companheira (algo como marido). Os machos, embora não seja comum, podem ter mais de uma fêmea como companheira.

Irmadade da Adaga Negra: Guerreiros vampiros treinados para proteger a sua espécie contra a Sociedade Redutora, como resultado de uma cria seletiva no interior da raça. Os membros da Irmandade possuem uma imensa força física e mental, assim com uma enorme capacidade para se curar de suas feridas com rapidez. A maioria não é apropriadamente irmão de sangue. Iniciam-se na Irmandade através da nominação de um de seus membros. Agressivos, autosuficientes e reservados por natureza vivem separados dos humanos e têm pouco contato com membros de outras espécies, exceto quando precisam se alimentar. São objeto de lendas e muito respeitados dentro do mundo dos vampiros. Só se pode acabar com eles ou feri-los gravemente com um tiro ou punhalada no coração.

Leelan: Termo carinhoso, que se pode traduzir de maneira aproximada como "a que mais quero".

Redutor: Membro da Sociedade Redutora. Trata-se de humanos sem alma que perseguem vampiros para exterminá-los. Devem-se apunhalar os Redutores para matá-los, pois, do contrário, são eternos. Não comem nem bebem e são impotentes. Com o tempo, seus cabelos, sua pele e as íris de seus olhos perdem a pigmentação até convertê-los em seres loiros, pálidos e de olhos incolores. Cheiram a talco para bebês. Depois da iniciação na Sociedade pelo Ômega, conservam um frasco de cerâmica onde foi colocado seu coração depois de extirpado.

O Fade: Reino atemporal onde os mortos se reúnem com seus entes queridos durante toda a eternidade.

Ômega: Malévola criatura mística que pretende a extinção dos vampiros por causa de um ressentimento para com a Virgem Escriba. Existe em um reino atemporal e possui grandes poderes, embora não tenha capacidade de crianção.

Período de Necessidade: Época fértil das vampiras. Dura apenas dois dias e é acompanhada por intensos desejos sexuais. Apresentam-se aproximadamente cinco anos após a transição de uma fêmea, a partir daí, uma vez a cada década. Todos os machos respondem de algum modo se estiverem perto de uma fêmea em período de necessidade. Pode ser uma época perigosa, com conflitos e lutas entre machos, especialmente se a fêmea não tiver companheiro.

Primeira Família: O rei e a rainha dos vampiros, e os filhos nascidos dessa união.

Princeps: Grau superior da aristocracia dos vampiros, só superado pelos membros da Primeira Família ou as Escolhidas da Virgem Escriba. O título é hereditário, não pode ser concedido.

Pyrocant: Refere-se a uma fraqueza crítica em um indivíduo. Essa fraqueza pode ser interna, como um vício, ou externa, como um amante.

Rythe: Forma ritual de salvar a honra. Oferece-o alguém que tenha ofendido outro. Se for aceito, o ofendido escolhe uma arma e ataca o ofensor, que se apresenta ante ele desprotegido.

Shelam: Vampira que se uniu a um macho tomando-o como companheiro (como esposa). Em geral, as fêmeas escolhem um só companheiro devido à natureza fortemente territorial dos machos acasalados.

Sociedade Redutora, de assassinos e caçadores de vampiros: São humanos que venderam sua alma, o que os despoja de vínculos, de idade, e, com o tempo, a pele, os cabelos e os olhos empalidecem visivelmente, o que lhes dá traços e aroma característicos. Tem a ordem de caçar vampiros, dada pelo Ômega, com o propósito de erradicar a espécie dos vampiros.

Transição: Momento crítico na vida dos vampiros, quando ele ou ela se converte em adulto. A partir desse momento, devem beber o sangue do sexo oposto para sobreviver e não podem suportar luz solar. Geralmente, acontece aos vinte e cinco anos. Alguns vampiros não sobrevivem à sua transição, sobretudo os machos. Antes da mudança, os vampiros são fisicamente frágeis, sexualmente ignorantes e indiferentes, e incapazes de se desmaterializar (praticar teletransporte).

A Tumba: Cripta sagrada da Irmandade da Adaga Negra. Usada como sede cerimonial e como armazém dos frascos dos Redutores. Entre as cerimônias ali realizadas, encontram-se as iniciações, funerais e ações disciplinadoras contra os Irmãos. Ninguém pode penetrar nela, exceto os membros da Irmandade, a Virgem Escriba ou os candidatos a uma iniciação.

Vampiro: Membro de uma espécie separada da Homo Sapiens. Os vampiros precisam beber sangue do sexo oposto para sobreviver. O sangue humano os mantém vivos, mas sua força não dura muito tempo. Depois de sua transição, que geralmente acontece aos vinte e cinco anos, são incapazes de sair à luz do dia e devem se alimentar de sangue regularmente. Os vampiros não podem converter os humanos com uma mordida nem com transfusão de sangue, embora, em alguns casos, sejam capazes de procriar com a espécie humana. Podem se desmaterializar à vontade, mas precisam procurar tranquilidade e concentração para conseguir isso, e não podem levar consigo nada pesado. São capazes de apagar as lembranças das pessoas, desde que sejam recentes. Alguns vampiros são capazes de ler a mente. Sua expectativa de vida é superior aos mil anos, e em alguns casos, até mais.

A Virgem Escriba: Força mística conselheira do rei, guardiã dos arquivos vampíricos e encarregada de outorgar privilégios. Existe em um reino atemporal e possui grandes poderes. Capaz de um único ato de criação, que empregou para dar existência aos vampiros, o que a tornou foco da inveja do Ômega.

sábado, julho 17, 2010


A Breve Segunda Vida de Bree Tanner

Comments
Livros da Saga crepúsculo

  • Editora: Intrínseca
  • Autor: STEPHENIE MEYER
  • ISBN: 9788598078809

A Breve Segunda Vida de Bree Tanner

“Bree Tanner mal se recorda da vida que tinha antes de descobrir seus sentidos extremamente aguçados, os reflexos sobre-humanos e a força física sem precedentes. A vida antes da insaciável sede de sangue... Antes de ser uma vampira.
O que ela sabe é que a rotina em um bando de recém-criados é de poucas certezas, e de ainda menos regras: fique alerta, não chame atenção para si mesmo e, acima de tudo, volte para casa antes do nascer do sol, ou será destruído. O que ela não sabe: seu tempo como imortal está se esgotando. Depressa.
Bree encontra em Diego um amigo inesperado, outro jovem vampiro atormentado pelas dúvidas a respeito do monstro que os criou – alguém que conhecem simplesmente por Ela. Quando os dois percebem que são apenas peões em um jogo cujas proporções jamais imaginaram, é preciso descobrir em que acreditar. Mas se tudo o que você sabe sobre sua espécie é uma farsa, onde estará a verdade?
Combinando romance, horror, ação e mistério, a trama de Stephenie Meyer mergulha na trajetória de devastação do bando de recém-criados enquanto eles se preparam para o confronto definitivo.”

Crítica da Lília: Uma adolescente de 15 ou 16 anos, que fugiu de casa por ter um pai violento. Bree vivia nas ruas comendo resto de comida ou o que lhe davam.
Em uma dessas noites difíceis de Bree, Riley aparece e lhe oferece um hambúrguer e a partir desse momento Bree começa sua nova segunda vida e ao invés de passar fome, começa a sentir sede de sangue!
Bree passa a fazer parte dos vampiros recém criados comandados por Riley.
Vampiros que brigavam entre si, arrancavam e queimavam membros uns dos outros, atacavam carros atrás à procura de sangue dos humanos dando uma de super heróis como homem aranha.
Bree não falava, não olhava e não incomodava ninguém até aparecer Diego. Outro recém criado que se tornou super especial para Bree em tão pouco.
Passar pela experiência de ler um livro sabendo o final, foi diferente, explicativo e esclarecedor de todo o porquê da Bree chegar naquela clareira durante o confronto dos recém criados com os Cullen´s e os Lobos, que é retratada em Eclipse.
O livro mistura horror, mistério, romance e drama
Eu sofri com a Bree e torci por um final feliz, o final que Bree desejava e aprendeu que podia sonhar ter. Bree encantou pelo seu jeito simples, inocente e apaixonante.
Bree foi esperta ao reconhecer Edward como o leitor de mentes e poder contar a ele por pensamento, toda a verdade sobre os recém criados. E Edward mostrou uma grande ternura ao pedir para que Bree fechasse os olhos.
Alguns personagens deveriam ter os pontos de vista contados em um livro, como Bree e Bella.

quinta-feira, julho 15, 2010


Livros da Série Diários do Vampiro - Parte IV

Comments
Livros da Série Diários do Vampiro
Diários do Vampiro, série best seller que deu origem à série de TV Vampire Diaries, escrita e produzida por Kevin Williamson (Dawson?s Creek), conquistou uma enorme legião de leitores e narra o triângulo amoroso entre dois vampiros e uma bela jovem!


O Despertar, O Confronto, A Fúria e Reunião Sombria


  • Reunião Sombria


  • ISBN: 9788501089816

  • Número de páginas: 256

  • Editora: Galera

  • Autor: L.J. SMITH

  • Origem: Nacional

Reunião Sombria


“A cada novo volume de Diários do Vampiro, L.J. Smith confirma o talento que conquistou - e cativou - milhares de fãs ao redor do globo. E mostra uma faceta ainda mais sombria do triângulo amoroso mais denso e problemático entre imortais. Adaptado para as telinhas por Kevin Williamson, autor de Dawson?s Creek, e estrelado por Ian Somerhalder, Paul Wesley e Nina Dobrev, o romance entre os irmãos vampiros Stefan e Damon e a bela adolescente Elena ganha dramaticidade e muito terror na versão literária original.
Em Reunião Sombria, quarto livro da série, Elena flutua em um misterioso limbo espiritual após se sacrificar para derrotar Katherine e salvar Stefan. Sua morte cobre Fell?s Church de tristeza e desalento, mas é preciso seguir em frente. Bonnie, a melhor amiga, decide guardar o diário de Elena e ali registra os lentos sinais de recuperação da cidade, acompanhada de perto por Meredith e Matt. Mas sonhos perturbadores com a amiga morta estão prestes a mudar tudo...
Pelos sonhos, Elena se comunica com Bonnie e avisa de um novo perigo a rondar a cidade. E só uma pessoa pode ajudá-los: Stefan. Mas o vampiro está desolado com a morte de Elena e tentando cumprir a promessa de permanecer ao lado de Damon. Os dois vagam sem rumo, sob a cruz de sua sina: a sede de sangue. Será que ele irá atender ao chamado inesperado que o colocará novamente no caminho de Elena - e daqueles que ela ama?”

Crítica da Lília: Logo que alguém lê vai compreender o porque de ser o melhor para mim até agora. No final do terceiro livro, certos acontecimentos afastam Elena da cidade e diferente dos livros anteriores, esse quarto livro da Série é contado pela personagem Bonnie e não mais por Elena.
Elena aparece em vários momentos e tem um papel fundamental, mas não constante e central como nos livros anteriores. Um novo perigo surge em Fell’s Church e ameaça a cidade toda! Bonnie começa a ter pesadelos e estranhos pressentimentos, e precisar contar com a ajuda de Meredith e Matt para chamar Stefan de volta à cidade, e junto com ele, Damon. Algumas mortes acontecem e um novo Vampiro dá as caras! Junto com ele, o vampiro “Original”, surge um Lobo. Seria dizer que existe um Lobo em pele de Cordeiro ou seria um Cordeiro em pele de Lobo? Enfim, isso só lendo pra saber. Mas Stefan está disposto a tudo para derrotar esse mal.
O final me deixou surpresa, mas ao mesmo tempo decepcionada. Sabe aquele tipo de livro que a gente termina de ler com um sorriso mas esperava outra coisa?! É esse!!
Até o penúltimo capitulo tudo estava perfeito! Damon continua sendo o melhor e tendo mais a mostrar do que ele realmente é do que aparenta ser, ele vai surpreender a todos assim como a mim, aumentando cada vez mais a vontade de lê até o fim esta série.
O último capítulo que foi demais, por ter sido surreal e muito fictício. Tirou todo o foco que transcorreu ao longo dos capítulos anteriores. Não terminou ruim, mas poderia ter ficado “real”.
Mesmo assim, de todos da série este foi sem dúvida o melhor!

terça-feira, julho 13, 2010


Livros da Série Diários do Vampiro - Parte III

Comments
Livros da Série Diários do Vampiro

Diários do Vampiro, série best seller que deu origem à série de TV Vampire Diaries, escrita e produzida por Kevin Williamson (Dawson?s Creek), conquistou uma enorme legião de leitores e narra o triângulo amoroso entre dois vampiros e uma bela jovem!

O Despertar, O Confronto, A Fúria e Reunião Sombria



A Fúria



“Após os inacreditáveis acontecimentos em Fell´s Church, Elena está prestes a iniciar uma nova vida. Ela realmente esqueceu seu antigo amor? Damon e Stefan precisarão se unir por sua amada, mas uma força sobrenatural e misteriosa vigia a todos.”



Crítica da Lília: Da mesma forma que o segundo livro, este começa examente do ponto que parou. E é tão longo quanto o outro. Se algum detalhe fica de fora, ninguém compreende o porque da critica, seja boa ou ruim. Elena está na clareira sem sentir frio, ela conseguiu distinguir os irmãos Salvatore, mas não entendia porque ela estava ali e como havia chegado ao bosque. Elena é transformada, mas ninguém sabe quem foi e a partir daí a história muda um pouco de foco! Ao vê Stefan e Damon brigando, Elena reage enfurecidamente e a raiva se apodera dela e com um instinto protetor, partira em defesa de Damon. Isso mesmo, ela defende Damon e ataca Stefan. Elena mordeu a mão de Stefan, arrancando o seu sangue. Quando estava se preparando para atacá-la de verdade, um choque paralisou Stefan. Elena acreditava que havia nascido para Damon e ela tinha o instinto somente de protegê-lo e não permitir que ninguém o machucasse. Stefan tremia e uma voz na cabeça de Elena mandava que ela soltasse o garoto. Era Damon. Stefan acusa Damon de ter transformado Elena no que ele queria: uma vampira como eles, não bastando apenas matá-la. Damon diz que Elena está fraca e precisa de sangue. Elena terá que enfrentar sua nova realidade enquanto um novo poder maligno começa a tomar conta da cidade e ameaçar seus moradores. Elena vai descobrir o que é estar fora do holofote e passará boa parte da história escondida nas sombras. Elena diz que precisa do seu diário. Damon pegou a garota e foram em direção a casa do professor Alaric Saltzman. Ao acordar no dia seguinte, Elena tentou entender o que ela estava fazendo naquele sótão. Acordou confusa e sem saber de que casa era aquele porão. Elena podia ouvir vozes no primeiro andar. Alguma coisa dizia a ela para ter cuidado e permanecer em silêncio. Elena ouve a conversa entre Alaric e o dr. Feinberg, o diretor da sua escola. Eles falavam sobre ela, sobre o desaparecimento do seu corpo e o diretor diz que eles deveriam vigiar as duas amigas dela: Bonnie McCullough e Meredith. Confusa e sem entender do que se tratava aquele diálogo que ela ouvira, ela decide ler o sue diário. Elena agora estava em pânico. Após ler o diário, ela se lembrara de tudo: a ponte, a água corrente, o ar nos seus pulmões, toda a dor e quando tudo parou. Elena vai à busca de Stefan. No caminho vira a igreja da cidade e, como espectadora, viu uma missa em sua homenagem. Elena notara que nem Matt e nem Stefan estavam na igreja. Elena fora ao encontro de Stefan e procurou no seu abraço, amparo diante de tudo que lhe estava acontecendo. Quando a população começou a sair da igreja, foi surpreendida por um grupo muito grande de cães. Pareciam dois exércitos se encarando. Elena diz aos demais (Damon e Stefan) que as pessoas precisavam de ajuda. Stefan e Damon continuam com aquela rincha entre si, mas terão que trabalhar juntos dessa vez para ajudar Elena a salvar sua família e seus amigos. Elena acaba contando as amigas toda a verdade a respeito de Stefan e Damon e o que eles eram na verdade. Elena estava com fome e quase atacou as suas amigas. Stefan entra em ação e vai com ela para o bosque. Stefan fora agredido e estava ferido, afinal fazia um bom tempo que ele não se alimentava e estava fraco. Elena sabia que teria de enfrentar o outro poder. O animal atacara Damon, o que deixou Elena desesperada. Elena sentiu a dor em brasa, como se seu corpo tivesse sido mergulhado em veneno. Será que finalmente Damon e Stefan vão parar de se odiar e vão agir e se comportar como irmãos? Será realmente o fim para Elena? Esse livro traz uma série de informações importantes, que explicam muita coisa que aconteceu nos dois livros anteriores e o final reserva uma bela surpresa! Essa é a série mais fraca sobre vampiros que está no mercado hoje! Prefiro muito mais a série Vampire Academy ou The House of Night. Mas continuarei acompanhando e vendo no que dá!

sábado, julho 10, 2010


Livros da Série Diários do Vampiro - Parte II

Comments
Livros da Série Diários do Vampiro


Diários do Vampiro, série best seller que deu origem à série de TV Vampire Diaries, escrita e produzida por Kevin Williamson (Dawson?s Creek), conquistou uma enorme legião de leitores e narra o triângulo amoroso entre dois vampiros e uma bela jovem!
O Despertar, O Confronto, A Fúria e Reunião Sombria


O Confronto

”Segundo volume da série que já conquistou milhares de leitores no Brasil. Elena está apaixonada e tem certeza de que Stefan é um amor para a eternidade. Mas a cada vez que Damon se aproxima, fica evidente um vínculo profundo entre os dois. Determinado a conquistar Elena, Damon se infiltra no cotidiano de Fell?s Church. Ameaçado pelo irmão, Stefan não suporta a ideia de perder Elena - e está disposto a arriscar tudo e ir contra seus próprios princípios para protegê-la. A série de TV Vampire Diaries, escrita e produzida por Kevin Williamson (Dawson?s Creek) foi a maior estreia da temporada norte-americana, com 4 milhões de espectadores. L. J. Smith tem duas séries entre as mais vendidas do New York Times: Vampire Diaries e The Night World.”

Crítica da Lília: Esse segundo livro começa exatamente como terminou o outro, sem direito a resumo ou prévia do livro anterior.Elena e a busca desesperada por Stefan.No primeiro livro, achei a personagem Elena meio egoíta, nesse livro ela está melhorando um pouco, mas não vi altas melhoras como poderia ter acontecido. Todo o desfecho da história ela passa se preocupando com seu próprio eu. Continuando, Elena grita por Damon e este aparece, a garota o afronta e ele responde com pouco caso. Ele propõe transformá-la e torná-la sua parceira, dizendo que ela será muito feliz. Mas ela rejeita e diz que já encontrou o que queria: Stefan. Ela reconstituíra mentalmente onde poderia estar Stefan. Elena estava cansada e se abaixara ao lado da estrada, pensando como fora ingênua ao sair em busca de Stefan. Bonnie surgira para ajudá-la. Corpo de Elena estava coberto de neve. Ao ser levada para casa sua tia mais uma vez estava nervosa com o seu sumiço. Elena percebeu que todos de alguma forma acusavam Stefan e pensavam que ele havia fugido. Elena fica contra todos, defendendo Stefan. O relacionamento dela com a tia e com os amigos mostra que ela continua sendo mimada. Bonnie consegue penetrar a mente de Stefan e descreve o local em que ele se encontra. Até que enfim Bonnie está começando a desenvolver seus dons paranormais e isso começa a ser fundamental para a história. As meninas e Matt discutem juntos onde poderia ser o local indicado e descrito nos pensamentos de Stefan explicitados por Bonnie. Chegaram à conclusão de que poderia ser um poço. Matt se lembrou de que a fazenda Francher estava abandonada. Eles arrastaram a pedra que cobria o poço e Elena ouve ruídos vindos de Stefan. Para ele se recuperar ele precisaria beber sangue humano e Elena oferece o seu pescoço a ele. Ele reluta no começo, mas acaba aceitando e mostrando melhoras. Elena percebe que as pessoas na escola faziam de conta que ela não existia e passaram a tratá-la com frieza. Elena pergunta a Caroline o que está acontecendo e Caroline diz que sair com um assassino poderia representar um obstáculo para a vida social de Elena. Na festa Elena encontrara as amigas e comenta que achou o comportamento do novo professor, Alaric, muito estranho. Bonnie prontamente o defende. Quando pegou a sua bolsa ao ir embora da festa Elena pegou e desdobrou e viu ali três frases que ao ler fez o seu mundo balançar. Era parte do seu diário. E para roubar na casa de Bonnie, só poderia ser alguém que conhecesse a casa. Elena sem poder explicar direito o porquê era o segredo de Stefan, revela que não pode contar tudo, mas conta que sabe quem é o assassino, sendo que também não deve contar para a polícia. Pois se trata de Damon e Bonnie fica assustada, pois o beijara. Elena bola um plano para entrar escondido na casa de Caroline com os amigos procurar o diário dela. O carro da família da ex-amiga estava chegando. Meredith e Bonnie conseguem fugir, mas Elena não. Ela quase caíra, mas fora salva por alguém: Damon. Ele diz que o seu sobrenome Salvatore significa Salvador. Acho que ela está atraída por Damon e tem medo que Stefan descubra, será?! Durante a refeição, Elena é ríspida com Damon, o que irrita sua tia e Robert, pois demonstraram cair de amores pelo garoto. Eles inclusive criticam Stefan, que nem estava presente no almoço. O poder de Stefan estava quase ao fim de tão enfraquecido. Ele então decide beber o sangue de Tyler e seus amigos valentões que queriam bater nele. A regra de Stefan era não matar, mas ele a quebrou. Atacou a todos, sobrando apenas uma pessoa que estava encolhida no canto: Caroline. E ele a poupou. Seria Stefan um vilão em forma de mocinho?! Com toda raiva acumulada, Stefan partiu com tudo para cima de Damon. O atacara violentamente. Ali perto Elena sentira que alguém precisava de sua ajuda. Reuniu todas as suas forças e saiu andando para ajudar a quem tanto precisava dela. O fim desse livro é igual o primeiro. O livro acaba no meio de um momento importante e tenso. Mas tem uma coisa que gostei finalmente Stefan começa a reagir e deixar de ser um completo bobo. O cara é um vampiro e não deveria ser retratado como uma eterna vítima. Ele pode ser bom, mas não precisa ser idiota!



quinta-feira, julho 08, 2010


Livros da Série Diários do Vampiro - Parte I

Comments
Livros da Série Diários do Vampiro
Diários do Vampiro, série best seller que deu origem à série de TV Vampire Di
aries, escrita e produzida por Kevin Williamson (Dawson?s Creek), conquistou uma enorme legião de leitores e narra o triângulo amoroso entre dois vampiros e uma bela jovem!

O Despertar, O Confronto, A Fúria e Reunião Sombria


  • Editora: Galera

  • Autor: L.J. SMITH

  • Origem: Nacional
O Despertar

”Damon e Stefan Salvatore são irmãos e inimigos mortais. Dois jovens assombrados por um passado trágico e que vivem nas sombras desde a Renascença italiana estão condenados a uma vida solitária: são vampiros.
Ao transformar os irmãos em vampiro, a bela Katherine não imaginou que se apaixonaria e os separaria para sempre. A briga pelo coração de Katherine não teve um final feliz... culminou na morte da bela jovem e num pacto de vingança entre os Salvatore.
Séculos mais tarde, reféns do destino, os irmãos percorrem o mesmo caminho que um dia os conduziu à uma vida amaldiçoada e eterna. Fell´s Church, Virgínia, é o cenário do novo triângulo amoroso que coloca novamente frente a frente os irmãos Salvatore!
Elena Gilbert, adolescente bela, popular e que conquista o que quiser não demora a perceber que, se existe algo mais arriscado do que estar apaixonada por um vampiro, é ser desejada por dois deles. Stefan, soturno e misterioso, terá de lutar para proteger Elena dos horrores que assombram seu passado. Damon, sexy, perigoso e guiado por um ódio cego, quer se vingar de Stefan, o irmão que o traiu.”

Crítica da Lília: Ao começar a lê imaginei que seria uma cópia camuflada de crepúsculo, mas logo cai em si e vi que seria impossível. O livro foi escrito em 1991 e crepúsculo veio bem depois disso. O livro relata o triangulo amoroso super conturbado entre Stefan, Damon (meu preferido) e Elena. Elena é uma órfã, criada pela tia, que escreve seu dia a dia em um diário. É uma bela loira que faz todos os homens babarem por ela. Em seu primeiro dia de aula, conhece Stefan e se vislumbra pelo maravilhoso moreno. Mesmo “namorando” Matt, Elena não consegue resistir aos encantos de Stefan. Com a chegada de Stefan, vários estranhos acontecimentos surgem em Fell’s Church. Bonnie e Meredith (melhores amigas de Elena) sugerem a Elena que seja feito um pacto de sangue entre elas. Matt, Bonnie e Meredith estão procurando por Elena no cemitério, tudo bem que se trata de um livro, mas quem é o doido que vai frequentimente ao cemitério e ainda por cima à noite?!?! Nesse livro, é assim, continuando, mas elas encontram Vickie Bennett e ela estava cambaleando para os faróis do carro. Vickie conta que algo apareceu na igreja (que esta em ruínas no tal cemitério, só doido mesmo) enquanto ela estava com Dick. Stefan encontra Elena e a leva para a casa dela. Passada aquela terrível noite, o Conselho de Alunos montava uma Casa Mal-Assombrada para levantar fundos para o Halloween como fazia todos os anos. Elena e suas amigas eram do comitê de decoração há dois anos, por isso foram ao ginásio durante a noite para ajeitar as coisas que estavam faltando, Elena ficara sozinha e sentia que havia alguém a observando. Quando de repente alguma coisa se moveu nas sombras, ela viu uma forma humana se aproximar para ela e falar com ela, pedindo desculpas por tê-la assustado. Ela pergunta se ele estava procurando alguém e ele responde que sim e diz o nome dela, nisso mais que rapidamente, ela sai correndo pelos corredores, afinal, é livro, mas ela nem é tão burra de ficar ali sozinha com alguém que nunca viu e ainda por cima um ser “assustador” (na realidade de assustador não tem nada). Indo direto a festa, Um dos alunos correu até o altar onde se encontrava o Sr. Tanner mexeu no professor. Como o Sr. Tanner não se mexera, Bonnie foi até o local e tentou falar com o professor. Mas ele não respondia e estava com os olhos brancos arregalados (porque será?). Enquanto isso, Stefan estava achando que ele fizera realmente mal para Tanner e se sentia um assassino, um ser maligno. Elena fora para a pensão procurar por ele, mas encontrou o seu quarto vazio e em um estado de caos, roupas espalhadas como lixo. Ela o encontrou no telhado em péssimo estado e o levou de volta para o quarto. Stefan conta toda a verdade para Elena, revela ser um vampiro e como ele e Damon se transformaram, conta sobre Katherine e Elena, por uns minutos, se afasta e reprime Stefan. Mas o amor dela era mais forte e também tem revelações para lhe fazer. Conta sobre as visitas estranhas do garoto e descobre que se trata de Damon (ai que a história começa a ficar boa). Stefan levara Elena para casa e fora para o bosque. Chegando lá se encontrou frente a frente com Damon e eles se atacaram mutuamente. Damon demonstra todo o seu poder e como ele é superior a Stefan e o atacou. Elena ficou sabendo que a polícia estava procurando por Stefan e correu para o cemitério (vai gostar de andar em cemitério assim lá na casa de Judas prego). Chegando lá Elena tinha certeza de quem pegara Stefan, e sem pensar muito grita por ele: “- Damon...” (fim meio filme Lua Nova).

segunda-feira, julho 05, 2010


Livros da Série The House Of Night

Comments
Livros da Série The House Of Night

Bem-vindo ao mundo de The House of Night, um mundo parecido com o nosso, exceto pelo fato de que nele os vampiros sempre existiram!

Coleção: HOUSE OF NIGHT
  • Autor: CAST, P. C.
  • Autor: CAST, KRISTIN
  • Editora: NOVO SECULO



Marcada, Traída, Escolhida, Indomada, Caçada e breve Tentada




Caçada


“Novos personagens e cenários são inseridos neste quinto livro da série House of Night Neferet, após conquistar um novo e poderoso aliado, Kalona, vira as costas para a Deusa Nyx. Juntos, arquitetam terríveis planos. O passado vem à tona, influenciando escolhas fundamentais. A Morada da Noite é ocupada por criaturas demoníacas, que sob o comando de Kalona, um ser incrivelmente belo, mantém o domínio sobre quase todos os alunos e professores. O único lugar relativamente seguro para Zoey e seus amigos é um local escondido, subterrâneo, onde uma nova raça de vampiros habita. Parece não haver fim para os problemas que continuam a surgir. O mal se abate sobre o centro de Tulsa, gerando não só o caos terreno, mas também um grande e doloroso massacre. Será Zoey forte e sábia o suficiente para enfrentar tudo o que está por vir?”


Crítica da Lília: Não amar esta série de livros seria impossível. As autoras desenvolvem a história de Zoey Redbird perfeitamente. Os detalhes são bem elaborados. Eu estava ansiosa para ler este Quinto Volume e saber um pouco mais do que vai acontecer.
Até o meio do livro achei parado e sem emoção. Mas, o suspense se formou de tal maneira que derrepente estava acabando com o livro! Não tenho muito que falar, o livro é ótimo e o conto fascinante. Mas posso dizer que os amigos de Zoey voltam a ser “amigos” dela e que Stevie Rae e os novatos vermelhos não são mais segredos, mas ainda carregam uma serie de segredos a serem revelados posteriormente. Também posso adiantar que um anjo caído foi solto e o mundo inteiro está em perigo e só Zoey é capaz de salvar. Zoey se vê encurralada com seus amigos e conta com a ajuda dos “vermelhos”.


Tentada


“Zoey precisa de um descanso depois de uma séria agitação. Infelizmente, a escola House of Night para vampiros não possui descanso em seu currículo – mesmo para a Alta Sacerdotisa em treinamento e sua gangue. Além do mais lidar com três caras não é um alivio para o stress, especialmente quando um é um sexy guerreiro que leva tão a sério proteger Zoey que ele está sentindo as emoções dela. Um estresse maior se aproxima também, enquanto as forças negras nos túneis de Tulsa se espalham. Stevie Rae pode ser responsável por um grupo de mais do que calouros deslocados? E as visões de Afrodite avisam Zoey para ficar longe de Kalona e sua negra atração – mas elas também mostram que apenas Zoey para impedi-lo. Ela não está exatamente ansiosa para encontrá-lo, mas se Zoey não for até Kalona ele ira iniciar uma furiosa vingança contra aqueles perto dela. Ela só precisa encontrar a coragem para fazer o que é necessário, mesmo que exista a chance dela perder sua vida, seu coração – e sua alma.”


Crítica da Lília: Tentada é sensacional! Não esperava me surpreender da forma que me surpreendi. Com uma narrativa envolvente, esse sexto livro traz muita magia e enigmas, suspense, emoções das mais variadas e sentimentos muito fortes.
Torci por Heath, mesmo sabendo que não iria dá certo, também fiquei envolvida pelo Anjo caído Kalona, fui levada a questionar a humanidade de Stevie Rae, cheguei a achar Erik muito errado, e no fim só me surpreendi e chorei, mas chorei muito. O livro é assim como a vida: evolui, passa, segue em frente, às vezes com muita felicidade e as vezes com tristeza.
 As autoras estão de parabéns! Modernas, tratam vampiros, humanos e adolescentes como único e com toda a sua complexidade. O livro é acima de tudo recheado de talento narrativo, evolução de conteúdos e criatividade crescente e constante. Ele é dividido não só por capítulos como também por Narradores. Esse livro é narrado por vários personagens, tempo e espaço se cruzam e chegam a ficarem juntos. Sarcasmo, piadinhas, expressões, atualidades junção do jovem e não infantil.
Zoey, Stevie Rae, Afrodite, Raphaim, Heath e Stark ganham suas vozes, pensamentos e ações na história. Entram e contam tudo sob seu ponto de vista!
/
Related Posts with Thumbnails
 

Design by / Thema base