Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, junho 29, 2010


Livros da Saga crepúsculo

Comments
Livros da Saga crepúsculo


Da autora best seller Sthephenie Meyer, a saga completa desse fascinante épico romântico que arrebata milhões de leitores!



Crepúsculo, Lua Nova, Eclipse e Amanhecer




Crepúsculo desafiou a imaginação e conquistou uma legião de fãs mundo afora. Lua Nova deixou os leitores sedentos por mais. Eclipse transformou a série em um fenômeno global. Amanhecer encerra a saga de paixões e perigos com um desfecho de tirar o fôlego.



• Editora: Intrínseca



• Autor: STEPHENIE MEYER



• Origem: Nacional



Crepúsculo




Essa, poderia ser como qualquer outra história não fosse um elemento irresistível: o objeto da paixão da protagonista é um vampiro. Assim, soma-se à paixão um perigo sobrenatural temperado com muito suspense, e o resultado é uma leitura de tirar o fôlego - um romance repleto das angústias e incertezas da juventude, entre Bella Swan e Edward Cullen.



Crítica da Lília: Pra começar, Bella desempenha o miserável papel de donzela algumas vezes e depois de 200 páginas de um suspense mal desenvolvido, descobrimos que Edward é, de fato, um vampiro. Não precisa ter medo, no entanto, pois ele e sua família são o tipo de vampiro chamado “vegetariano”, preferindo animais ao invés de humanos. Tudo bem, você está dizendo. É um pouco extravagante, mas por que é tão ruim? Primeiro de tudo, os livros apresentam uma heroína que dificilmente consegue dar um passo sem precisar de algum garoto para ajudá-la. Na verdade, a série apresenta visões sexistas em sua quase totalidade — o fato de que Bella desiste de suas ambições e planos para a faculdade com objetivo de casar-se com Edward; o fato de que ela é representada como uma “Eva moderna”, implorando por sexo ao nobre e moral cavalheiro, enquanto ele deseja preservar sua virgindade; o fato de seu relacionamento ser perigosamente doentio; e finalmente o fato de que quase todas as personagens femininas apresentadas no livro são caricaturas desesperançosamente negativas. Infelizmente, a série não melhora com os livros seguintes.

 

Lua Nova




Para Bella Swan, há uma coisa mais importante do que a própria vida: Edward Cullen. Mas estar apaixonada por um vampiro é ainda mais perigoso do que ela poderia ter imaginado. Edward já resgatara Bella das garras de um mostro cruel, mas agora, eles percebem que seus problemas podem estar apenas começando... Em Lua Nova, Stephenie Meyer nos dá outra combinação irresistível de romance e suspense com um toque sobrenatural.



Crítica da Lília: Bella entra no que ela mesma descreve como estado de “zumbi” quando Edward a deixa. Bella se torna meio suicida; ela propositalmente se coloca em perigo e chega a pular de um penhasco ao ouvir a voz de Edward em sua cabeça. O único aspecto brilhante é o louvável Jacob Black, um membro da reserva La Push e recém transformado lobisomem. São nas cenas de Bella com Jacob que o leitor vislumbra verdadeiros traços de personalidade. Esse tipo de romance que vai crescendo com o tempo é certamente mais próximo da vida real de um adolescente do que aquele de nobres ideiais entre Edward e Bella. No entanto, adicionar outra trama (meio esquecida) bem quando Edward e Bella estão juntos, com Jacob sendo chutado como um “cachorro” é algo questionável.

 

Eclipse




Enquanto Seattle é assolada por uma sequência de assassinatos misteriosos e uma vampira maligna continua em sua busca por vingança, Bella está cercada de outros perigos. Em meio a isso, ela é forçada a escolher entre seu amor por Edward e sua amizade com Jacob - uma opção que tem o potencial para reacender o conflito perene entre vampiros e lobisomens. Com a proximidade da formatura, Bella vive mais um dilema: vida ou morte. Mas o que representará cada uma dessas escolhas?



Crítica da Lília: É nesse volume que o relacionamento de Bella e Edward toma os piores caminhos. Edward chega a remover o motor do carro de Bella para que ela não vá ver seu amigo Jacob, e ainda deixa sua irmã vampira raptá-la no fim de semana. Bella fica um pouco irritada com isso, é claro, mas acaba escrevendo coisas como “ele é só um pouco super-protetor” e “ele faz isso porque me ama” sobre esse comportamento de Edward. Jacob, por fim, tenta beijar Bella à força, duas vezes, ignorando seus protestos e ameaça suicídio caso ela o recusar. Bella decide que está apaixonada por ele!!







Amanhecer




Na aguardada conclusão da saga Crepúsculo Bella se vê a frente da difícil decisão da escolha fatal entre fazer parte do obscuro, mas sedutor, mundo dos imortais ou seguir uma vida totalmente humana. Escolha essa, que poderá significar a transformação do destino dos dois clãs: vampiros e lobisomens. Assombroso e de tirar o fôlego, Amanhecer esclarece os mistérios e os segredos.



Crítica da Lília: Logo no início, Bella e Edward ficam “na horizontal” depois de uma longa espera (mas só depois do casamento, é claro, nós não podemos cair na tentação de tirar a virgindade de 107 anos de Edward). Bella, de alguma forma, fica grávida. De forma ainda mais fantástica, o feto de vampiro/humano cresce a uma velocidade alarmante, tão rápido que Bella sente os “chutinhos” após duas semanas de gestação. Eu nunca estive grávida, mas não precisa ser muito inteligente para saber que há algo errado com esse quadro. Depois que o assim chamado “bebê” quebra a pelvis, a coluna vertebral e as costelas de Bella, Edward abre caminho com uma versão um tanto insalubre de cesárea: com seus dentes, desculpe, eu tinha que partilhar minha dor. Bella se torna uma vampira super especial com poderes super especiais e vence o não-conflito do não-clímax. Ah, não se esqueça da sua incrível habilidade de ir caçar na floresta com vestido e salto. Vocês devem esta se perguntando, e o bebê? E o Jacob? Bem, Jacob se apaixona por Renesmee (filha de Bella e Edward) e pra ele o livro acaba. Ridículo, como um dos protagonistas não tem um honroso fim na trama?! Primeiro que o bebê cresce a cada semana, no fim do livro já anda e fala, ele ainda terá que esperar até tornar-se adulta para namorar, casar e ter filho!?! E por fim, Bella e Edward vivem felizes para sempre.



FIM


/
Related Posts with Thumbnails
 

Design by / Thema base