Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, dezembro 23, 2010


Resenha de Estrela Píer - Kamila Delenski

Comments

Livro: Estrela Píer - O tempo, a chuva, o outro.
Autor: Kamila Delenski
Editora: Novo Século
Ano: 2009

Sinopse:

Lucia tem uma vida monótona e previsível até vencer o concurso mais cobiçado do momento.Não apenas ganha uma viagem para Londres, como também um jantar com o ator inglês Richard Clevehouse.O que era sorte, entretanto, muda de cor. Richard, o belo ator de olhar sombrio, guarda um segredo: a vida de Lucia corre perigo. E ele fará de tudo para protegê-la, mesmo que, em troca, tenha de sofrer muito mais do que espera.
Das certezas, apenas uma: Não há para onde fugir! 


Uma ficção nacional bem escrita e narrada. Kamila Delenscki dá vida a personagens nada convencionais. De uma bibliotecária comum a um ator conhecido mundialmente, viajamos através de um amor que não era para acontecer e um mistério que envolve ciência e vida glamurosa.

Quando comecei a lê-lo, não achei que gostaria dele. Mas conforme fui lendo, a história me contagiou tanto, que fiquei muito ansiosa para o final. E aliás, o final tem um mega gancho, que faz você desejar muito ler o próximo livro.

De fato, me apaixonei por Richard Clevehouse. Um inglês lindo, que cozinha bem, e ainda por cima é astro de cinema... Tudo que nós, meninas, queremos.
Outra coisa que me chamou atenção no livro, foi o amor verdadeiro que Marisa tem por suas duas netas, Lucia e Lara Píer Eli.  

Adorei também o fato de ter um misto de comédia na história. Tive algumas boas risadas com Lucia, que é super desastrada.

Não achei os personagens tão bem desenvolvidos; Do nada aparece personagens que você pensa que iriam fazer alguma diferença na história, porém eles param de aparecer; E o fato de que Lucia não fala tão bem inglês e de repente tem conversas profundas com Richard, em inglês, é meio intrigante. Mas nada que interfira na compreensão e desenvolvimento da história.
Lógico, essa é minha opinião, logo leiam e tirem suas próprias conclusões. É uma história ótima!

segunda-feira, dezembro 06, 2010


Resenha de Beijada por um Anjo - Elizabeth Chandler

Comments

Livro: Beijada por um Anjo
Autor: Elizabeth Chandler
Editora: Novo Conceito
Ano: 2010
Compre: Aqui
Resenha por: Lília Reis

Sinopse:

Beijada por um anjo é o primeiro volume da série, escrita por Elizabeth Chandler. Ivy sempre acreditou em anjos… Quando ela conhece Tristan, descobre que ele é o amor da sua vida. Quando ele morre, seu coração está quebrado e sua crença em anjos desaparece. E sem essa crença, ela é incapaz de sentir a presença de Tristan, quando ele retorna – como um anjo.Agora, Ivy está correndo um terrível perigo, e Tristan está lutando para salvá-la. Como ele conseguirá protegê-la se ela perdeu a fé em anjos?E se ele conseguir salvá-la, ele terá terminado sua missão aqui na terra e terá que partir para sempre deixando-a para trás. Afinal, Salvar Ivy seria o mesmo que perdê-la justamente quando consegue reencontrá-la?


 Originalmente escrito como uma Trilogia, beijada por um anjo é um romance de 264 páginas e publicado pela Editora Novo Conceito. Três livros fenomenais em uma leitura surpreendente. Um thriller romântico que o mantém ligado até o fim.
A primeira parte da história, o primeiro romance da trilogia vê a relação entre Tristan e Ivy crescer. Elizabeth Chandler criou uma parceria incrivelmente forte quando emparelhou anjo amoroso, Ivy e o nadador Tristan. O leitor vai se apaixonar por Tristan e em como ele faz todos os efeitos de um namorado romântico que todas as meninas desejam um dia poder ter. Isto é particularmente evidente em uma cena, que poderia ser alegada a melhor parte de Ivy e Tristan, quando ele ensina Ivy, que tem pavor de água, a nadar.
No final da primeira parte, Tristan morre, deixando Ivy sozinha, debilitada e sua forte crença em anjos diminuída. A história toma um rumo diferente após o acidente, e o leitor é introduzido ao anjo da guarda de Ivy, que também é o amor da sua vida. Tristan terá que fazer Ivy acreditar novamente em anjos, para que ele possa convencê-la de seu amor por ela, antes de finalmente desaparecer.
Avaliações deste livro podem ser enganosas, e parece empurrá-lo para o gênero romance. Beijada por um anjo definitivamente tem fortes elementos de romance em si, seria estúpido sugerir o contrário. No entanto, ao ler a segunda metade da história, pode-se argumentar que ele seria facilmente classificado como um thriller.
Este romance tem, portanto, um elemento muito forte de suspense dentro dele. Se o leitor não é tomado pelo conto de amor dos dois personagens principais, ele passa a ser tomado pelo ar de mistério existente na história.
Este romance faz parte do gênero moderno do romance paranormal.

Ela senta-se confortavelmente junto com romances secundários, tais como Crepúsculo e A Mediadora. Elizabeth Chandler, portanto, conseguiu criar um clássico atemporal que pode ser apreciado por qualquer pessoa a qualquer momento.
O estilo simples de Chandler escrever torna a história de Tristan e Ivy fascinante e impossível de largar.

Beijada por um anjo por Elizabeth Chandler






domingo, novembro 14, 2010


Resenha: Cabeça de vento - Meg Cabot

Comments
Título Nacional: Cabeça de Vento
Ano de Lançamento: 2010
Número de Páginas: 320 páginas
Editora: Galera Record
Tradutor: Natalie Gerhardt
Título Original: Airhead
Ano de Lançamento: 2008
Número de Páginas: 352 Páginas
Editora: Point

Emerson Watts nem queria ir à inauguração da Stark Megastore no SoHo, mas alguém precisava tomar conta da sua irmã caçula, que está loucamente apaixonada por um astro pop britânico que daria autógrafos por lá. Além dele, uma outra pessoa muito famosa também marcaria presença… Nikki Howard, supermodelo internacional, sensação adolescente e rosto dos produtos Stark. Isso, é claro, é a receita para um desastre. Junto com os belos e famosos, uma multidão apareceu para conferir a inauguração – e, no meio das pessoas comuns, alguns manifestantes resolveram demonstrar o quanto são contra o monopólio da Stark, que está acabando com o comércio de rua em toda a cidade. Em meio à manifestação, está Emerson Watts, nerd extraordinaire. Como ela poderia saber que esse momento mudaria toda a sua vida para sempre? Depois de um acidente terrível, Em – que já não era nenhuma rainha do baile -, não é mais a mesma. Literalmente. Agora, fazer seu melhor amigo e paixão secreta notá-la como mais do que amiga é o menor de seus problemas

Eu sou uma super fã da diva Meg Cabot. Para mim ela é uma das escritoras mais fofas que existem! Quando eu fiquei sabendo que o livro ia ser publicado eu fiquei super feliz e ansiosa! A capa é absurdamente linda e eu achei a sinopse super interessante, mas foi depois de ler algumas resenhas super positivas que eu realmente tive absoluta certeza de que precisava ler Cabeça de vento o mais breve possível!

Eu achei a história super criativa! É um livro de ficção científica que não parece ficção científica, o que pra mim é maravilhoso, pois eu realmente não gosto nem um pouquinho lê o mesmo gênero por muito tempo, e o que mais parece ter surgido esse ano foram ficções.

O livro basicamente fala sobre como acontece a transformação da Em em Nikki e os medos, desejos, anseios de uma adolescente que agora não é mais uma garota qualquer, é simplesmente a modelo mais jovem e famosa do mundo da moda! E agora, como Em vai conseguir viver com isso?

Os personagens são encantadores e no começo eu sofri junto com a Em. Adorei os conselho que a Lulu dá pra Em, ou melhor, pra Nikki sobre os garotos e a responsabilidade que nós temos em relação a eles se apaixonarem pela gente! Fora a Em, a Lulu foi uma das personagens que eu mais gostei!

A Meg resolveu reunir todos os homens mais lindos e fofos em um único livro, gente! Sério mesmo, ainda não sei pra quem estou torcendo. Eu no lugar dela não saberia quem escolher e ficaria com todos!! Brincadeirinha! Um conselho que dou pra ela: Beije muito e siga seu coração!

A história é maravilhosa e nos deixa com um gostinho de quero mais! Espero ansiosamente pela continuação! :)

Classificação:  Super fofo!

domingo, novembro 07, 2010


Resenha: A última música - Nicholas Sparks

Comments


Ano de Lançamento: 2010
Número de Páginas: 408 páginas
Editora: Novo Conceito
Tradutor: Danielo Vilela Bandeira
Título Original: The Last Song
Ano de Lançamento: 2009
Número de Páginas: 400 páginas
Editora: Grand Central Publishing


Com apenas dezessete anos, Verônica Miller - ou Ronnie, como é carinhosamente chamada - vê sua vida virada do avesso quando o casamento dos pais chega ao fim e o pai se muda da cidade de Nova Iorque , onde vivem, para Wrightsville Beach, uma pequena cidade costeira na Carolina do Norte. Três anos não são o suficiente para apaziguar o seu ressentimento, e quando passa um verão na companhia do pai, Ronnie rejeita com rebeldia todas as suas tentativas de aproximação, ameaçando antecipar o seu regreesso a Nova Iorque. Mas será  na tranquilidade que envolve o passar dos dias em Wrightsville Beach que Ronnie irá descobrir a beleza do primeiro amor, quando conhece Will, e vai afrouxando, uma a uma, todas as susas defesas, deixando-se tomar por uma paixão irrefreável e de efeito devastador. Nicholas Sparks é, como sabemos, um mestre da moderna trama amorosa, e em A última música , usa de extrema sensibilidade para abordar a força e a vulnerabilidade que envolvem o primeiro encontro com o amor e o seu imenso poder para ferir... e curar.
Uma história sobre a família, os amores, as segundas oportunidades e aqueles momentos que nos trazem de volta às origens...

Eu já podia ter lido esse livro há algum tempo, mas nunca tive coragem. Motivo principal: Miley na capa! Isso pode parecer bem preconceituoso, mas eu raramente gosto de livros com capa de filme, mais raramente ainda quando é a Miley a protagonista do filme. Mas enfim, depois de ler  várias resenhas positivas do livro eu decidi dar uma chance pra ele e fingir que a garota na capa era qualquer pessoa desconhecida e nem por sombras a Miley.

É o segundo livro que leio do Nicholas Sparks. O primeiro que li foi Querido John e eu gostei bastante. Pra falar a verdade se tornou um dos meus livros favoritos. O Nicholas escreve de uma maneira tão cativante, tão profunda e sensível que não tem como a gente não se envolver e se emocionar e não foi diferente em A última música.

O livro exerceu uma espécie de imã sobre mim. Juro que assim que começei a ler e fui conhecendo a Ronnie, o Steve,o Jonah  e o Will que eu praticamente não tinha vontade de fazer mais nada, apenas saber qual era o rumo que a história iria tomar. E a cada página o livro ia me conquistando.

A última música é um dos melhores livros que eu li em toda a minha vida! Conta a história de uma adolescente que se rebelou depois da separação dos pais e que há três anos cortou relações com o pai. Então ela e o irmão vão passar o verão com ele e tudo muda.

O livro pode até ser previsível, mas a forma como a história é contada é que faz dele único,  singular. Eu confesso que a história pra mim teve um sabor diferente, pois eu me vi sendo a Ronnie em várias situações e já passei por algo parecido com o que ela  passou. O livro realmente me fez relembrar fatos na minha vida e foi impossível não me emocionar e não chorar!

Se um dia eu tiver o prazer de ter uma conversinha com o Nicholas vou logo cobrando uma caixinha de lenços e dizer pra ele que ele é simplesmente fantástico!

Classificação:  ☆☆☆☆

terça-feira, novembro 02, 2010


Resenha: Wings - Aprilynne Pike

Comments


Editora: HARPER USA
Autor: PIKE, APRILYNNE
Coleção: WINGS
Compre: Aqui
ISBN-13: 9780061668050
Origem: Internacional
Ano: 2009
Edição: 1
Número de páginas: 304
Acabamento: Brochura
Sinopse:

Laurel é uma jovem de quinze anos diferente - frágil, vegan  e amante da natureza - que se muda com os pais para outra cidade.
Integrar-se na nova escola e fazer amigos são questões complicadas para uma garota tímida como ela, mas o atraente David ajuda-a a se ambientar.

É então que acontece algo inexplicável que aterroriza Laurel diante do espelho, vê surgir sobre os seus ombros umas formas longas branco-azuladas, de uma beleza quase indescritível, como pétalas a pairar no ar junto à sua cabeça - semelhante a asas.
Para entender o que aconteceu, a jovem regressa à sua cidade natal, onde conhecera Tamani, um magnetizante rapaz de olhar cor de esmeralda. Ele parece conhece-la desde sempree vai revelar-lhe uma verdade aterradora.
A partir desse momento, Laurel ver-se à surpresa entre dois mundos e dividida entre rapazes igualmente fascinantes, que a atraem em direções opostas...

 
 Wings é um livro juvenil super fofinho. Narrado em terceira pessoa, é um livro leve, doce e encantador.

O começo do livro até um pouco mais da metade é marcado principalmente pelos conflitos, dúvidas e descobertas da adolescência. Também vemos surgir uma triângulo amoroso e a protagonista dividida entre dois mundos diferentes.

Me fez lembrar de Crepúsculo e tudo o que eu pensava saber sobre vampiros. Eu não sabia que vampiros brilhavam e eles brilham.. e eu não sabia que fadas são como uma espécie evoluída de uma planta e nesse livro é. Achei um pouco esquisito, mas se a Stephenie Meyer pode, porque a Aprilynne Pike não?

É impossível não gostar de David! Ele é muito fofinho. Compreensivo, prestativo, um verdadeiro amigo! Sabe o genro que toda mãe sonha pra filha? É ele!
Entretando, Tamani também tem seu encanto! E eu confesso que até agora não sei qual eu escolheria, agora imagina a Laurel.

Passada a fase das descobertas e  das dúvidas, a história fica cada vez mais interessante e a ação começa a surgir! E é quase impossível largar o livro! Fica aquela expectativa de saber o que vai acontecer na página seguinte..

Apesar do livro ser previsível eu gostei bastante! Achei um romance super leve e tranquilo. Um livro despretencioso que encanta e diverte. Eu gostei achei a narrativa bastante cativante.

Recomendo para todos aqueles que queiram matar as saudades da adolescência, tirando as famosas espinhas, é claro e para aqueles que gostam de uma boa história de fadas.

domingo, outubro 24, 2010


Resenha: Samantha Sweet, Executiva do Lar - Sophie Kinsella

Comments



Editora: Record
Autor: SOPHIE KINSELLA
ISBN: 9788501076748
Origem: Nacional
Ano: 2007
Edição: 1
Número de páginas: 512
Acabamento: Brochura
Formato: Médio

Sinopse:
Meu nome é Samantha, tenho 29 anos. Nunca assei um pão na vida. Não sei pregar botão. O que sei é reestruturar um contrato financeiro e economizar 30 milhões de libras para meu cliente. Samantha Sweet é uma advogada poderosa em Londres. Trabalha dia e noite, não tem vida social e só se preocupa em ser aceita como a nova sócia do escritório. Ela está acostumada a trabalhar sob pressão, sentindo a adrenalina correr pelas veias. Até que um dia... comete uma grande mancada. Um erro tão gigantesco que pode destruir sua carreira. Samantha desmorona, foge do escritório, entra no primeiro trem que vê e vai parar no meio do nada. Ao pedir informação em uma linda mansão, é confundida com uma candidata a doméstica e lhe oferecem o emprego. Os patrões não fazem idéia de que contrataram uma advogada formada em Cambridge, com QI de 158, e que não tem a menor noção de como ligar um forno! O caos se instala quando Samantha luta com a máquina de lavar... a tábua de passar roupa... e tenta fazer cordon bleu para o jantar... Mas talvez não seja tão incapaz como doméstica quanto imagina. Talvez, com alguma ajuda, ela possa até fingir. Será que seus patrões descobrirão que sua empregada é de fato uma advogada de alto nível? Será que a antiga vida de Samantha irá alcançá-la? E, mesmo se isso acontecer, será que ela vai querer de volta? A história de uma mulher que precisa diminuir o ritmo. Encontrar-se. Apaixonar-se. E descobrir para que serve um ferro de passar..

Sophie Kinsella, autora de chick-lits de sucesso como a série Delírio de Consumo, Lembra de Mim e Menina de Vinte, apresenta outro romance encantador com a advogada bem-sucedida, “Samantha Sweet, Executiva do Lar”.
É a história de uma mulher que precisa diminuir o ritmo. Encontrar-se e apaixonar-se. O livro proporciona muitas gargalhadas ao leitor.
Samantha Sweet era uma advogada bem-sucedida no Carter Spink, uma das empresas mais prestigiadas de Londres.  Quando Samantha está na iminência de ser nomeada sócia, ela comete um erro crítico, custando um dos clientes de 50 milhões da empresa.  Chocada por seu simples erro e a sua rescisão, Samantha foge do escritório.  Atordoada, ela faz seu caminho para o campo de Londres, onde é confundida por um generoso casal como sendo uma doméstica.  Sem saber o que fazer Samantha se passa por empregada e é contratada pelo casal.
Escondendo-se no campo, Samantha sofre sua própria transformação.  Enquanto se esforça para aprender a cozinhar e limpar, Samantha gradualmente supera o estresse e infelicidade de sua carreira anterior.  Em uma virada da sorte, ela também encontra o amor de sua vida.  Apesar de seus sentimentos por Nathaniel crescer, Samantha fica chocada ao saber de seu ódio pelos advogados. 
 Por si só, Executiva do lar é um doce chick-lit e bem-humorado de se lê.  Kinsella combina facilmente humilhação com vingança Samantha Sweet é um pouco excêntrica.  Em comparação com outros romances de Kinsella, Executiva do lar não chega a ser o melhor livro da autora.  É engraçado, mas não é tão bom como Menina de Vinte ou O Segredo de Emma Corrigan. Kinsella é conhecida por sua habilidade de criar terríveis, momentos embaraçosos. E é nesse mesmo clima que Kinsella escreveu esse livro.
Apesar de suas fraquezas, Executiva do lar ainda é uma deliciosa leitura.  Os fãs de Kinsella ficarão satisfeitos pelo romance, que na verdade, tem um final fantástico, e as mulheres que tentam conciliar carreira e trabalhos domésticos podem facilmente se relacionar com Samantha. Em geral, Executiva do lar é bonito e leve, perfeito para a leitura de férias.

Trecho do livro:

"Levanto a tábua e tento deslizar as pernas - mas elas não se mexem. Minhas bochechas estão queimando enquanto tento interminavelmente ajeitar a tábua, virando de um lado para o outro. Como essa porra funciona?
- Na verdade, pensando bem - digo casualmente - gosto de uma tábua de passar baixinha. Vou deixar assim.
- Você não pode passar aí embaixo! - diz Trish com riso atônito - É só puxar alavanca! Precisa de puxão forte... vou mostrar.
Ela pega a tábua comigo e em dois movimentos ajustou exatamente na altura certa - Acho que você usava um modelo diferente - acrescenta com sabedoria enquanto ela se trava de novo - Cada uma tem seus truquezinhos.
- Sem dúvida! - digo agarrando-me com alívio a essa desculpa - Claro! Estou mais acostumada a trabalhar com uma... uma... Ninbys 2000.
Trish me olha, surpresa. - Essa nao é a vassoura do Harry Potter?
Porra. Eu sabia que tinha ouvido em algum lugar."



domingo, outubro 17, 2010


A Hospedeira - Stephenie Meyer

Comments
Quando Melanie, um dos humanos “selvagens” que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a “alma” invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de  seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente.
Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam.

Fazia muito tempo que queria ler esse livro, mas sempre tive um pé atrás pelo único motivo dele ser de ficção científica e eu detestar livros que abordem alienígenas, extraterrestres e coisas desse tipo. Mesmo sendo fã da Stephanie Meyer e de adorar a  narrativa envolvente que faz com que a gente se sinta  parte integrante da história eu fiquei com medo do livro ser ruim, mas ainda bem que me enganei.

O começo do livro é bem confuso e faz com que a gente tenha vontade de jogar o livro bem longe! Mas eu respirei fundo e continue e pouco a pouco fui entendendo e me encantado pela história. Achei bem criativo o universo que foi criado no livro, em que as Almas estão no comando e os humanos em extinção.

A grande parte do livro mostra mais a luta de Peg em manter-se viva e às vezes a repetição dela em torno da morte torna o livro cansativo. Também falta ação na maior parte do livro, mas totalmente compreensível para o desenrolar da história. O que realmente não falta no livro é o amor. Amor pela comunidade, amor maternal, amor romântico! O livro é repleto de emoções humanas e é contagiante! Foi impossível conter as lágrimas.

Pertinho do final é que o livro vai ficando mais interessante, pois Peg já não teme mais pela sua vida e a ação começa a acontecer! E a cada dia ela vai se tornando mais humana..

Torci muito por ela e pelo Ian, ele é uma fofura! Deu vontade de apertar as bochechas dele! O final pra mim foi totalmene imprevisível. Eu torci pra uma coisa e aconteceu outra completamente diferente, mas que apesar de tudo eu gostei!

Recomendo o livro para pessoas de espíriro leve e de alma sensível! Os apressadinhos devem passar longe, pois pode ser que se cansem da falta de ação!
É um livro maravilhoso para quem sabe apreciar as coisas boas dessa vida, como o amor! :)












domingo, outubro 03, 2010


À caça de Harry Winston - Lauren Weisberger

Comments


Leigh, Adriana e Emmy são três amigas que estão beirando os trinta anos e apesar de tudo o que já conquistaram, ainda acham que não têm a vida que sempre sonharam. Leigh tem uma vida perfeita: tem o namorado dos sonhos, trabalha em uma das melhores editoras e tem um ótimo apartamento! Tirando a vizinha do andar de cima..
Emmy é  meiga, sensível! Sonha desde adolescente com o casamento dos sonhos e em ter filhos. Adriana é uma brasileira que não sabe o que a palavra compromisso significa!
Tudo estava normal até Emmy ser trocada pela personal trainner que ela própria contratou para Duncan, seu namorado há cinco anos. Ela então faz uma aposto com Adriana que muda a vida das três amigas.




O livro é maravilhoso! Desde o primeiro capítulo que  já me prendeu completamente!
Achei bem interessante a aposta entre Emmy e Adriana e de como isso consegue mudar a vida não só das duas amigas, mas das três!
A leitura é leve, divertida e interessante. Quem gosta de um Chicl-lit não deve deixar de ler!
A história é narrada pelas três protagonistas e às vezes pode parecer um pouco confuso, pois a narrativa é interrompida abruptamente para dar lugar a narrativa de uma outra personagem.
Outro ponto negativo é que os capítulos são enormes e eu achei muito esteriotipada a imagem da mulher brasileira, como sendo fácil, fútil e só querer um cara com dinheiro.
Tirando esses pequenos detalhes, o livro é maravilhoso e é difícil parar de ler, pois queremos saber o desenrolar da história!
Recomendo para todos aqueles que gostam de um bom Chick-lit e para aqueles que querem ler algo desprentencioso e leve!

segunda-feira, setembro 20, 2010


A Floresta de Mãos e Dentes - Carrie Ryan

Comments
A Floresta de Mãos e Dentes - Carrie Ryan 
No mundo de Mary, as regras são simples. A irmandade sabe o que é melhor para você. Os Guardiões estão lá pra servir e proteger a todos. Os Impuros nunca descansam. E você deve sempre prestar atenção na cerca que protege a vila, a cerca que protege a vila da Floresta das Mãos e Dentes. Mas, lentamente, Mary começa a desconfiar de coisas. Ela aprende coisas que nunca quis saber sobre a Irmandade e seus segredos. E, quando a cerca é quebrada, e o mundo de Mary se torna um caos, ela vai ter que decidir entre a vila e seu futuro - entre aqueles que ela ama e aquele que a ama.



Se você está cansado de ler histórias sobre vampiros e tem vontade de se aventurar em uma história de zumbis eletrizante e diferente não deixe de ler A floresta de mãos e dentes, que vai ser publicado pela Editora Underworld!

 No começo do livro a gente conhece a Mary e a vida na vila cercada pela Floresta de mãos e dentes. Porque floresta de mão e desntes? Simples: a floresta é aonde os Impuros (zumbis) vivem e a única coisa que eles querem é carne e sangue humano. Por isso, todos na vila em que a Mary vive lutam apenas pela sobrevivência. Os primeiros capítulos são completamente sombrios e tristes! Como eu sou super sensível, tive que parar diversas vezes a leitura, respirar fundo e depois continuar!
No desenrolar da história Mary tem que lidar com diversas perdas, com amores, traições e ilusões típicas da adolescência. O livro é curto e a narrativa segue um ritmo bem dinãmico, mas quando os zumbis conseguem forçar uma fenda na cerca e penetrarem na vila é que a história ganha um ritmo alucinante e é impossível largar o livro, pois queremos saber se a Mary vai conseguir chegar aonde ela tanto deseja ou não.

É um ótimo livro que causa uma enorme tensão ao leitor!

Super recomendado para aqueles que gostam de uma boa história de zumbis, ou para todos aqueles que gostam de uma história tensa recheada pelo medo e pela esperança, e claro, de muito sangue!

sexta-feira, setembro 17, 2010


A pílula do amor - Autora Drica Pinotti

Comments
A pílula do amor


Autora: Drica Pinotti
Formato: 14 x 21 cm
Nº de Páginas: 280
Acabamento: Brochura
ISBN: 978-85-7927-087-1
Preço: R$ 37,90

Lançamento da Editora Prumo diverte o leitor com os excessos de
uma protagonista hipocondríaca, que vive em Nova Yorke busca um grande amor
A Editora Prumo lança, pelo selo Leia, a obra A pílula do amor, de Drica Pinotti, autora da coleção juvenil
De menina a mulher, que conta a divertida história de Amanda Loeb, uma nova-iorquina beirando os trinta anos, assumidamente neurótica e hipocondríaca, convicta de que tem um grave problema genético que lhe causa baixa imunidade e a deixa à mercê de praticamente todas as doenças existentes em um ambiente inóspito com a cidade de Manhattan.
Esta poderia ser mais uma daquelas histórias em que a protagonista é bonita, descolada, tem um emprego legal, uma mãe meio rebelde e sonha com um grande amor que, de preferência, não dê muitos palpites em sua vida. Mas a condição de Amanda torna essa história única e muito divertida. A personagem não passa uma semana sem se presentear com uma consulta ao novo médico da cidade, seja lá qual for sua especialidade, ou suplementos vitaminicos que ela nem mesmo sabe ao certo para que servem.
Para Amanda, uma simples dor de dente se transforma em câncer no maxilar, uma pontada no cotovelo em inflamação no nervo, uma coceira em urticária, um simples espirro em pneumonia, uma ressaca em cirrose e uma noite de sexo sem orgasmos só pode significar uma coisa: que ela se tornara frígida.
O impressionante é que Amanda tem inspirações reais. “No que diz respeito aos relacionamentos, ela é uma garota comum, com aspirações normais á qualquer mulher da sua idade. A questão da hipocondria foi inspirada por uma amiga em particular, que tem a doença, entretanto é uma pessoa doce e agradável de conviver. Mas as pessoas que me conhecem dizem que Amanda tem muito de mim mesma”, conta Drica.
As manias e neuras de Amanda tornam os relacionamentos amorosos quase impossíveis. A chegada de Brian (o lindo e bem-sucedido vizinho) à sua vida bem que poderia dar uma virada de mesa nessa situação, mas ele tem um cachorro, o que inviabiliza qualquer possibilidade de romance. Afinal, Amanda prefere morrer solteira a conviver com os milhares de germes que habitam o corpo daquele animal "selvagem".

“Eu queria escrever um livro que falasse sobre a cultura dos encontros nos Estados Unidos, que é tão diferente da nossa e, ao mesmo tempo, queria falar sobre os problemas femininos, mas não os problemas comuns do tipo ‘estou muito gorda, estou muito magra, preciso de botox’. Busquei uma veia humorística mais clara e a personagem hipocondríaca serviu perfeitamente”, explica a autora.

Segundo ela, a doença (ou a centena de doenças imaginárias) não é o tema do livro, mas um problema da personagem. O tema principal da obra é a busca pelo amor. “Amanda é uma garota que está tentando ser feliz, está buscando o caminho do amor. E quando ela finalmente o encontra, ela percebe que seus problemas vão muito além disso e ela resolve buscar a cura para depois ter direito a felicidade”.
Quanto à ambientação do livro, Drica justifica: “Nova York é uma cidade que nunca sai da moda. Mais do que os aspectos físicos da metrópole, que é belíssima, eu quis mostrar os muitos traços culturais, de uma cidade que reúne todo tipo de gente, de todos os cantos do mundo e que funciona em um ritmo único. O charme de Manhattan não se limita aos arranha-céus ou ao glamour fashion, mas se deve, principalmente, à cultura dos nova-iorquinos que são, na verdade, pessoas habituadas com o diferente e com praticamente todas as culturas do mundo. A cidade por si só é uma fonte inesgotável de inspiração e o ambiente perfeito para deixar um hipocondriaco completamente louco”.
A pílula do amor é um romance hilário sobre a dificuldade de entrega que muitas pessoas tem. Amanda uma protagonista intrigante que vive um romance sobre nêuras e complexidade das relações, mas, sobretudo, esta é uma hitória sobre tolerância. Brian saberá dar a Amanda o remédio de que ela no fundo precisa? E Amanda conseguirá descobrir qual é a verdadeira causa de seu problema e poderá ter uma vida normal e feliz? Descubra a resposta na divertida história de Drica Pinotti, um livro que fará o leitor rir muito, lembrar de pessoas conhecidas e, principalmente, parar para pensar se não está levando as coisas muito a sério.


SOBRE A AUTORA


Drica Pinotti nasceu em São Paulo. É formada em Moda pela Universidade Anhembi Morumbi. Começou a carreira de escritora em 2001 e tem onze livros publicados, entre eles a famosa série De menina a mulher, publicada pela Editora Rocco.
Drica mora atualmente em Nova York e divide seu tempo entre estudar inglês, garimpar tudo que existe de melhor em Manhattan para escrever a coluna que mantém em uma revista especializada em adolescentes, sair com os amigos e escrever seu novo livro (cujo título ainda é segredo!).



segunda-feira, setembro 06, 2010


Os diários de Nick Twisp

Comments
Os diários de Nick Twisp



Acabei de dar uma passadinho no Blog da Galera Record e ficar sabendo de uma super novidade! Em junho será lançado Os diários de Nick Twisp do autor C. D. Payne, um livro dedicado ao público jovem que conta a história de um garoto de 14 anos em forma de diário e que ainda é virgem e só tem uma coisa na cabeça; sexo! Ele está louco para perder a virgindade, mas parece que não vai ser tão fácil assim resolver este problema! O livro parece ser super divertido e a Galera Record já disponibilizou o primeiro capítulo para nos deixar com gostinho de quero mais! O livro é dividido em três partes:
Livro 1 (1ª pate) - Jovem revoltado
Parte 2 (2ª parte) - Jovem escravizado
Livro 3 (3ª parte) - Jovem exilado

O livro também ganhou uma adaptação para o cinema e o protagonista é vivido pelo ator Michael Cera (Juno).

Confira o trailler do filme!

terça-feira, agosto 31, 2010


Eclipse ao pôr do sol e outros contos fantásticos

Comments
Eclipse ao pôr do sol e outros contos fantásticos

Antonio Luiz M. C. Costa
ISBN: 978-85-62942-05-1
Gênero: Literatura fantástica
Páginas: 128
Editora draco: Site
Preço de capa: R$ 27,90

Atenção, senhores passageiros: para sua segurança, preste atenção a estas recomendações. Nestes seis contos, viajarão da Antiguidade Clássica ao Século XXI, com escalas no Portugal da Renascença, no Brasil do Segundo Reinado e nas míticas Asgard e Atlântida. E não será dessas excursões nas quais se olha as paisagens pela janela do ônibus com ar condicionado, deixando as lorotas do guia entrarem por um ouvido e saírem pelo outro enquanto deglutem seus refrigerantes e batatas fritas. Este é um turismo de aventura.
Se quiserem entender os nativos, terão de ficar atentos, pois eles falam com seus sotaques nativos, não na língua dos âncoras da tevê. Precisarão desembarcar em solos estranhos e achar o caminho com os próprios pés. Em compensação, serão recebidos por deuses e ninfas e conhecerão grandes vates e bardos. Caso se atrevam, terão a oportunidade de partilhar o leito com tórridas ou tórridos amantes. Mas com uma coisa não precisam se preocupar: não se perderão em quimeras nebulosas, em devaneios insinceros. Esta caixa contém meia dúzia de pílulas meio vermelhas, meio azuis, para se ver realidades com os olhos da fantasia.

Sobre o autor

Antonio Luiz M. C. Costa sempre gostou de literatura em geral e de fantasia e ficção científica em especial, mas formou-se em engenharia de produção e filosofia, fez pós-graduação em economia e trabalhou como analista de investimentos e assessor econômico-financeiro antes de reencontrar sua vocação na escrita, no jornalismo e na ficção. Hoje escreve sobre a realidade na revista CartaCapital e sobre a imaginação em outras partes, além de colaborar com os meios a seu alcance para o desenvolvimento da ficção especulativa no Brasil.

Site do autor: http://www.cartacapital.com.br/author/Aluiz
Twitter do autor: @aluizcosta
Mais sobre o livro: Skoob

segunda-feira, agosto 30, 2010


Beijada por um anjo - Elizabeth Chandler

Comments
Beijada por um anjo - Elizabeth Chandler

A literatura vampiresca esta cada vez mais desgastada e os leitores vão a procura de novas histórias fantástica. Como "Para Sempre" e "Calafrio".Para alegria dos leitores, agora temos o grande sucesso da Editora Novo Conceito: "Beijada por um Anjo".
Essa é a capa da edição brasileira e foi feita com a ajuda e participação do pessoal do twitter depois de verem a primeira versão da capa.
Muitas sugestões e críticas surgiram e no fim, ficou um resultado ótimo. A capa é simples e linda!
Beijada por um anjo, tem uma história muito romantica, misturando drama e mistério. Ingredientes fundamentais para um grande sucesso.
Mais um futuro sucesso que a editora Novo Conceito trás para os leitores. Espero que o lançamento seja muito breve!

SINOPSE: Ivy sempre acreditou em anjos. Quando ela conhece Tristan, descobre que ele é o amor da sua vida. Quando ele morre, seu coração está quebrado e sua crença em anjos desaparece. E sem essa crença, ela é incapaz de sentir a presença de Tristan, quando ele retorna - como um anjo.
Agora, Ivy está correndo um terrível perigo, e Tristan está lutando para salvá-la. Como ele onseguirá protegê-la se ela perdeu a fé em anjos? E se ele conseguir salvá-la, ele terá terminado sua missão aqui na terra e terá que partir para sempre deixando-a para trás. Afinal, Salvar Ivy seria o mesmo que perdê-la justamente quando consegue reencontrá-la?

quinta-feira, agosto 26, 2010


Eclipse ao pôr do sol e outros contos fantásticos

Comments
Eclipse ao pôr do sol e outros contos fantásticos

Antonio Luiz M. C. Costa
ISBN: 978-85-62942-05-1
Gênero: Literatura fantástica
Páginas: 128
Editora Draco: Site
Preço de capa: R$ 27,90
Disponível em agosto de 2010
eclipse



Atenção, senhores passageiros: para sua segurança, preste atenção a estas recomendações. Nestes seis contos, viajarão da Antiguidade Clássica ao Século XXI, com escalas no Portugal da Renascença, no Brasil do Segundo Reinado e nas míticas Asgard e Atlântida. E não será dessas excursões nas quais se olha as paisagens pela janela do ônibus com ar condicionado, deixando as lorotas do guia entrarem por um ouvido e saírem pelo outro enquanto deglutem seus refrigerantes e batatas fritas. Este é um turismo de aventura.
Se quiserem entender os nativos, terão de ficar atentos, pois eles falam com seus sotaques nativos, não na língua dos âncoras da tevê. Precisarão desembarcar em solos estranhos e achar o caminho com os próprios pés. Em compensação, serão recebidos por deuses e ninfas e conhecerão grandes vates e bardos. Caso se atrevam, terão a oportunidade de partilhar o leito com tórridas ou tórridos amantes. Mas com uma coisa não precisam se preocupar: não se perderão em quimeras nebulosas, em devaneios insinceros. Esta caixa contém meia dúzia de pílulas meio vermelhas, meio azuis, para se ver realidades com os olhos da fantasia.

Sobre o autor
Antonio Luiz M. C. Costa sempre gostou de literatura em geral e de fantasia e ficção científica em especial, mas formou-se em engenharia de produção e filosofia, fez pós-graduação em economia e trabalhou como analista de investimentos e assessor econômico-financeiro antes de reencontrar sua vocação na escrita, no jornalismo e na ficção. Hoje escreve sobre a realidade na revista CartaCapital e sobre a imaginação em outras partes, além de colaborar com os meios a seu alcance para o desenvolvimento da ficção especulativa no Brasil.

Twitter do autor: @aluizcosta
Mais sobre o livro: Skoob

sábado, agosto 21, 2010


O Vale dos Anjos - O Torneio dos Céus - Parte 1

Comments
O Vale dos Anjos - O Torneio dos Céus - Parte 1



Editora: Novo Século
Autor: Leandro Schulai
ISBN: 9788576793663
Ano: 2010
Páginas: 416
Twitter do autor: Twitter
Blog: Blog
Orkut do Autor: Orkut
Facebook do Autor: Facebook
Skoob do Autor: Skoob
Alguns Capítulos: Aqui

Esse primeiro volume nos apresenta nosso protagonista Dimitris. Um jovem rapaz que vive tranquilamente com sua esposa Mariah na cidade de Atenas. O que ele não esperava era um acontecimento trágico que viria a levar sua vida precocemente. É então que sua aventura começa. Orientado pelo anjo guia de enterro denominado Obelisco, Dimítris conhece o mundo que lhe espera: O Vale dos Anjos. Local que é separado pela beleza e curiosidades do paraíso e a crueldade e mistérios das oito prisões. Levado por esse mundo místico e cheio de novidades, Dimítris parte em busca de seu pai falecido e uma maneira de voltar à vida para ficar ao lado de sua amada Mariah e cumprir a promessa que efetuara.
Assim ele é levado ao torneio dos céus: perigosa disputa mitológica que premia o vencedor com o condecorado cargo de anjo semideus, cujos poderes vão além da imaginação e permitem inclusive ter o poder de se manter vivo novamente.
Guiado pelo seu recente amigo Obelisco, cujo senso de humor o ajuda nos momentos de apreensão, pela cupido Anne cuja beleza é incomparável e treinado pelo misterioso mestre Ramirez Dimítris passará a descobrir os mistérios que esse novo mundo lhe revela e descobrir que sua recém chegada já era esperada a muito tempo e que ele se tornará uma peça fundamental em uma batalha iminente.





segunda-feira, agosto 16, 2010


Nanda Meireles

Comments
Hoje eu vou falar de uma pessoa que eu adoro! A Nanda Meireles.
 Vocês já conhecem? Não? A Nanda é uma pessoa incrível. Ela é uma gracinha e uma amiga querida para todas as horas. Quem ainda não conhece, pode segui-la no twitter: @umdream.
Além de ser uma amigona, super gentil e uma graça de pessoa, a Nanda ainda é escritora. Sabiam dessa? Ela escreveu o livro Um Sonho a Mais, que ainda não tem data de publicação definida. Quer conhecer um pouco a mais do livro? Então vou colocar a sinopse aqui para vocês conhecerem:

"Fabiana Andrade é uma jovem estudante de 17 anos, criada pela mãe costureira, abandona pelo pai ainda muito pequena, sentiu na pele a dificuldade de uma vida mal planejada ou levada pelo acaso. Determinada, tem um sonho: fazer uma boa faculdade, abrir sua própria rede nacional de papelarias e dar a sua batalhadora mãe um bom descanso e uma digna recompensa por todo amor e cuidados dados a sua única filha.
Na escola só tem um amigo, Dinho, um jovem rebelde capaz de criar caos por onde passa e mesmo assim ser visto com bons olhos por Fabi. Mas no meio do último ano do segundo grau uma das peripécias de Dinho acarreta em uma grave suspensão, sua mãe, preocupada, decide afastá-lo de quem julga ser a culpada pelas atitudes de seu filho, a própria Fabi.
Então o segundo semestre começa. Fabi não tem mais a companhia de seu único amigo, seu paquera passa as férias em outra cidade enquanto ela fica trancada em casa por conta do mês mais chuvoso de sua jovem vida, com certeza não era nada animador, mas tudo na vida de Fabi estava prestes a mudar.
Melissa e Daniel são irmãos, ela tem 17 e ele 18 anos, mas por causa de uma época meio rebelde, ambos estão no mesmo ano colegial. Provenientes de família da classe média alta, os irmãos enfrentam a dura perda do pai, um advogado bem sucedido. A mãe decide ir morar por uns tempos com um parente em busca de apoio e coloca Mel na escola mais perto, uma pública.
O rapaz ainda fica matriculado na antiga escola, mesmo sendo em outra cidade, porque já possui carteira e um carro popular.
A amizade de Mel e Fabi é instantânea, assim como a atração entre ela e Dane. Depois de uma enrolada e quase cômica fase de conquista, Fabi aceita namorar não namorando. Afinal, as provas para as universidades exigiam sua total atenção.
Muitas confusões acontecem antes de Fabi entender a força e veracidade daquele amor, mas nada será fácil já que Dinho retorna a escola e encontra sua paixão reprimida nos braços de outro.
Intrigas, ciúmes, armações, desilusões e escolhas surpreendentes apaixonarão cada jovem leitor que ousar embarcar nas emoções de “Um sonho a mais”."


 Se interessou pela história? Então baixe os capítulos extras e se divirta com esses personagens maravilhosos! Clique aqui para baixar.
Então é isso. Eu queria dizer que adoro a Nanda! E que estou torcendo muito por ela e pelo livro dela. Sei que ela sabe disso e que digo isso do fundo do meu coração. Te adoro Nanda! Mil Beijos!









/
Related Posts with Thumbnails
 

Design by / Thema base